28/07/2023 às 11h52min - Atualizada em 31/07/2023 às 22h03min

Sindicato paralisa operação da Rumo na Baixada Santista em busca de segurança para Ferroviários

Sindicato reivindica melhores condições de segurança para os ferroviários

Fernanda de Souza Martins
O Sindicato dos Trabalhadores Ferroviários da Zona Sorocabana paralisou, na manhã dessa quarta-feira (26/07), a operação da Rumo na Baixada Santista, afetando a circulação de trens tanto na subida quanto na descida ao Porto de Santos. A normalização do trecho que leva à região portuária só aconteceu após a empresa agendar reunião de urgência para o próximo dia 31/07. O Sindicato exigiu o encontro com a empresa para tratar dos planos efetivos para melhorar a segurança dos Ferroviários – que têm sofrido com assaltos, vandalismo nos trens e, agora, invasão das locomotivas.
“Nós já tentamos o diálogo com a Rumo de diversas formas e durante bastante tempo. A Rumo, no entanto, tem apresentado soluções que ainda precisam ter resultado efetivo. Os ferroviários têm passado por situações extremas de insegurança, com pouco respaldo da empresa ou do governo estadual. Viemos batalhar para sermos ouvidos e chegarmos a uma solução que proteja a vida dos trabalhadores”, afirma José Claudinei Messias, presidente do Sindicato.
Os problemas de segurança nas locomotivas da Rumo são uma rotina perigosa. Os assaltos, denunciados constantemente, agora estão se somando à invasão dos trens – sem que os maquinistas possam fazer nada. “É uma situação difícil. O ferroviário sai de casa para trabalhar e além da jornada exaustiva de trabalho, não sabe se vai voltar. A empresa não pode ser negligente com segurança e a vida desses funcionários. Por isso estamos aqui: para garantir que todos os direitos sejam respeitados e que todos os Ferroviários tenham tranquilidade para exercer suas funções”, finaliza Messias.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp