17/08/2023 às 18h07min - Atualizada em 18/08/2023 às 00h08min

Minds Digital cresceu 61% em prejuízos evitados no primeiro semestre de 2023

Focando na experiência do cliente, Voice ID Tech projeta fechar 2023 com crescimento de 45%

Ana Clara Hauy
Phillip Zelante

No mês de agosto, a Minds Digital, Voice ID Tech pioneira em biometria de voz no Brasil, completa 6 anos de atuação no mercado. A startup, que já conseguiu prevenir mais de R$50 milhões em fraudes bancárias, tem contribuído cada vez mais com o ecossistema antifraude. Indo na contramão do mercado, a empresa, que utiliza inteligência artificial para identificar padrões de comportamentos suspeitos em tempo real e diminuir os riscos em operações que envolvem fraudes de identidade, registrou um crescimento de 61% em prejuízos evitados em relação a dezembro de 2022, quando a empresa tinha um saldo de R$28 milhões e em junho de 2023 esse número saltou para R$ 50 milhões.

Segundo o CEO da empresa, Marcelo Peixoto, o primeiro semestre de 2023 foi muito produtivo. “Nosso início do ano foi marcado por várias novidades. Conseguimos evoluir o nosso produto de biometria de voz, além de iniciar e estreitar bons relacionamentos com os principais players do ramo. Nós também participamos dos eventos Fraud Day e Febraban Tech, que nos proporcionaram proximidade com o mercado, e em conjunto com outras estratégias conseguimos levar a biometria de voz por meio da Inteligência Artificial a uma audiência muito qualificada, além de elevarmos o conhecimento do mercado em relação à nossa solução”, explica o executivo.

Como base para o crescimento, no primeiro período do ano, a Minds Digital lançou novos algoritmos de Inteligência Artificial para detecção em tempo real de ataques por deepfake e replay attack. A tecnologia funciona basicamente comparando as amostras de voz fornecidas com o perfil vocal registrado de um indivíduo previamente autenticado. Se houver divergências, indicando uma tentativa de uso de deepfake, o sistema pode alertar sobre a possível fraude.

Para o restante de 2023, a projeção da empresa é ter um crescimento de 45%, com foco na experiência do usuário e nas melhorias da plataforma. “Estamos trabalhando na implantação da biometria de voz em aplicativos e no WhatsApp. Nosso foco para o segundo semestre é finalizar esse processo e garantir que nossos clientes tenham resultados positivos, tanto em termos financeiros, como em proporcionar uma experiência de qualidade e segura para os usuários.”, finaliza Peixoto. 


Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp