18/08/2023 às 12h51min - Atualizada em 21/08/2023 às 04h05min

Edify Education lança o "Currículo Edify", o primeiro do ensino bilíngue nacional

O documento pioneiro traz diretrizes para a criação de experiências de aprendizagem e está completamente disponível para referência e consulta

Juliana Prestes
Divulgação
O sistema de ensino bilíngue Edify Education acaba de lançar o Currículo Edify, um documento que traz referências para escolas e educadores que queiram desenvolver os alunos falantes de inglês de forma integral. É a primeira e única vez que um currículo bilíngue está totalmente disponível para a comunidade educacional. O documento tem potencial de se tornar um marco no mercado de educação brasileiro, pois preenche uma importante lacuna: a ausência de diretrizes objetivas e específicas, em nível nacional, para orientar o planejamento e as prioridades pedagógicas das escolas bilíngues.
 
Hoje, somente 5% dos brasileiros falam inglês, sendo que 1% é fluente, de acordo com dados do British Council. A educação bilíngue é uma tendência no país - hoje, são cerca de 1.200 instituições bilíngues, um aumento de 10% de 2014 a 2019, segundo dados da Associação Brasileira do Ensino Bilíngue (Abebi). No entanto, a falta de uma referência clara em nível nacional pode ser uma grande entrave para que o país garanta o aumento do bilinguismo de forma igualitária.
 
A Base Nacional Comum Curricular (BNCC), documento obrigatório para elaboração dos currículos escolares brasileiros, abrange todas as disciplinas. As Diretrizes Curriculares para a Educação Plurilingue no Brasil,  por sua vez, regulamentam especificamente o modelo bilíngue, porém não foram homologadas. Na prática, as escolas brasileiras seguem diretrizes regionais ou tomam suas decisões autonomamente, sem um norteador.
 
Por isso, o lançamento do Currículo Edify tem tanto potencial de impulsionar o setor. Disponível no site https://edifyeducation.com.br/curriculo-edify/, o documento é uma ferramenta importante para todo educador e toda escola que busquem referências para construir seu próprio currículo bilíngue escolar, dando ênfase à formação integral do aluno. Com prefácio assinado por Ivan Siqueira, Professor Titular da Universidade Federal da Bahia e ex-membro do Conselho Nacional de Educação, o Currículo contempla todos os segmentos da educação básica, do Infantil ou Ensino Médio.
 
“O projeto de educação bilíngue da Edify tem como alicerce premissas que toda instituição educacional gostaria de oferecer, não somente a bilíngue. E tudo isso consubstanciado por uma visão de integralidade da educação em conformidade com os valores humanísticos assegurados pela legislação nacional” – destaca Ivan Siqueira no documento. 
 
O Currículo Edify
 
O documento reúne e organiza todos os conteúdos, habilidades e competências que o Edify Education acredita serem importantes para o desenvolvimento do aluno. Desta forma, o Currículo também é um balizador para a criação dos materiais didáticos, auxiliando na construção de experiências de aprendizagem significativas e de qualidade. Disponível a todos do ensino bilíngue, pode ser usado nos mais diferentes contextos escolares para auxiliar a formação de estudantes. 

Composto por quatro dimensões principais, o Currículo contempla não só o linguístico, mas também desenvolvimento integral do aluno. O documento foca em comunicação, habilidades da vida, aprendizado socioemocional e letramento digital, trazendo uma perspectiva mais ampla do bilinguismo. Na visão do Edify, o sujeito bilíngue é aquele com repertório cultural e crítico que o permite se adaptar mais facilmente a diferentes situações comunicativas e interacionais em um mundo global e interconectado, fazendo uso de diversos recursos e competências para interagir com o outro e experimentar o que o cerca. 

 
Cada uma dessas dimensões estão organizadas com respectivos domínios e descritores, de acordo com cada etapa da educação básica. Domínios são as habilidades e competências que se pretende desenvolver. Dentro da dimensão “Comunicação” e do domínio “Produção oral”, por exemplo, temos o descritor “expressar seus sentimentos usando adjetivos simples e linguagem corporal” para os primeiros anos do Ensino Fundamental. Ao todo, o Currículo conta com mais de 900 descritores. 
 
Para Marina Dalbem, co-CEO do Edify Education, o Currículo é um convite para todos da comunidade bilíngue que queiram pensar sobre a formação integral e mesmo sobre o futuro do ensino no país. “O Currículo é um documento rico e sofisticado, elaborado por nossos maiores especialistas ao longo de quase um ano e meio.” – conta. “Vemos o Currículo como uma grande contribuição acadêmica e pedagógica à educação bilíngue, por isso queremos que todos no setor, inclusive nossos concorrentes, tenham acesso e façam uso do Currículo. Nosso sonho é fazer desta geração uma geração bilíngue e a gente sabe que, isso, só vamos construir lado a lado das escolas, dos professores, dos alunos e do mercado.” – revela.
 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp