21/08/2023 às 14h36min - Atualizada em 22/08/2023 às 00h04min

Vendas no e-commerce apoiadas por marketing de afiliados crescem 45% no 1o semestre de 2023

Segundo a Rakuten Advertising, vendas intermediadas por publicidade online mantiveram crescimento significativo de janeiro a junho; número de pedidos gerados por meio de parceiros de conteúdo tem alta de cerca de 40% no mesmo período

Rakuten Advertising, assessoria
Freepik

Dados da Rakuten Advertising, especialista em tecnologia para publicidade e marketing digital, confirmam que o mercado brasileiro de e-commerce manteve um forte crescimento no primeiro semestre de 2023, com alta significativa nas vendas e no número de pedidos em relação aos seis primeiros meses do ano passado.

Por meio dos anúncios online em sua rede de afiliados (desde produtores de conteúdo, influenciadores e tecnologias de divulgação online até sites de cupons e cashback, por exemplo), a companhia japonesa registrou alta de 45% nas vendas no período. Já o número de pedidos gerados por intermédio desses anúncios avançou 39%.

Esses dados, em combinação com o aumento de 16% no volume de cliques em publicidade online no primeiro semestre, comprovam uma alta importante na taxa de conversão. Ou seja, menos cliques foram necessários para cada venda gerada nessa modalidade.

Já o ticket médio (valor médio de cada compra intermediada por anúncios online) também apresentou variação positiva, com alta de 4% em relação ao mesmo período de 2022. Nesse recorte, os meses que registraram o maior percentual de conversões foram março, junho e maio, nessa ordem – os mesmos desde 2021. 

 

Categorias de destaque

Os dados do primeiro semestre também indicam uma mudança gradual nos hábitos de consumo online, que começam a se distanciar dos reflexos da pandemia de Covid. Se em 2021 as categorias de maior consumo foram, respectivamente, vestuário e acessórios, eletrônicos de consumo e saúde e bem-estar, nos anos de 2022 e 2023 a terceira posição desse ranking passou a ser ocupada por lojas de departamento – superando o segmento de saúde e demonstrando a retomada de uma área popular antes da pandemia.

Segundo a Rakuten Advertising, esse quadro ratifica o crescimento do marketing de afiliados no Brasil nos últimos anos. Prova disso é a alta no número de anunciantes e parceiros de conteúdo que hoje integram a sua rede, a exemplo de canais como Estadão e Uol. A variada gama de marcas e publishers que atuam junto à empresa inclui nomes conhecidos de tecnologia, pagamentos, fidelidade e portais de notícias – a exemplo da Mastercard, empresa global de tecnologia do setor de pagamentos, que recentemente passou a fazer parte da carteira de parceiros, por meio do seu programa de benefícios Mastercard Surpreenda.

Há ainda outros grandes afiliados com parceria já consolidada e que geram resultados importantes há algum tempo, como Nubank - hoje um dos maiores nomes no Brasil em referência de bancos digitais - e que, junto à Rakuten Advertising, apresenta excelente performance no setor de afiliados voltado para investimento em cashback. 

Também nessa logística do dinheiro de volta, a empresa é parceira da Méliuz, site exclusivo voltado para o cashback, e um dos gigantes nesse nicho de mercado. Além da parceria com a LTK, consultora de criadores de conteúdo, que trabalha diretamente com influenciadores e vê alto retorno em seu trabalho desenvolvido junto à Rakuten.

“Ao proporcionar um importante complemento na receita com vendas online e oferecer maior segurança ao e-commerce mesmo em momentos de incerteza econômica, conseguimos ampliar a participação do marketing de afiliados nos investimentos dos anunciantes”, diz Luiz Tanisho, vice-presidente da Rakuten Advertising no Brasil.

“Considerando ainda o alto nível de engajamento gerado no Brasil por produtores de conteúdo, influenciadores e diversos outros tipos de afiliados, é seguro dizer que os hábitos de consumo dos internautas estão, mais do que nunca, ligados ao marketing digital. O mercado compreendeu bem essa tendência e hoje entende o marketing de afiliados como uma ferramenta importante para apoiar a decisão de compra dos brasileiros e ampliar as taxas de conversão”, afirma.


Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp