22/08/2023 às 09h33min - Atualizada em 23/08/2023 às 08h04min

Os desafios da digitalização para os pequenos negócios

PR
João Alfredo Pimentel
* Por João Alfredo Pimentel

O setor de food service está passando por uma verdadeira revolução digital, impulsionada pelas mudanças no comportamento dos consumidores, após a pandemia de Covid-19, e pela crescente adoção da tecnologia. Grandes redes de restaurantes já se adaptaram rapidamente a este cenário, investindo em aplicativos de delivery, cardápios digitais e programas de fidelidade online. No entanto, para os pequenos negócios do ramo, a digitalização apresenta desafios particulares que merecem atenção e estratégias adequadas.

Um dos principais obstáculos para a digitalização dos pequenos negócios de food service concentra-se no investimento financeiro necessário para implementar soluções tecnológicas. Muitos desses estabelecimentos operam com um caixa apertado e a aquisição de equipamentos e softwares mais atuais pode ser uma barreira significativa. Além disso, é preciso considerar custos recorrentes de manutenção, atualização e suporte técnico, o que pode comprometer ainda mais o orçamento dessas empresas.

Para que a digitalização aconteça, é necessária uma mudança na cultura empresarial e na capacitação adequada dos funcionários para trabalhar com suporte de novas tecnologias. Pequenos negócios, muitas vezes, não disponibilizam recursos para treinamentos, o que pode resultar em resistência ou insegurança em relação à adoção de novas práticas. Além disso, é necessário um tempo de adaptação para que toda a equipe esteja familiarizada e apta a utilizar as ferramentas digitais de forma eficiente.

Além disso, os grandes negócios dispõem de verba para investimento em marketing digital e experiência do cliente. Neste âmbito de digitalização, a presença online se torna fundamental para alcançar novos clientes e manter a fidelidade dos antigos, e os pequenos negócios que não acompanham esse ritmo podem ficar para trás, perdendo mercado e relevância.

Apesar dos desafios, a digitalização oferece oportunidades interessantes para pequenos negócios de food service, uma vez que a capacidade de coletar dados sobre os clientes e suas preferências permite uma maior personalização dos serviços e ofertas. Esse detalhe faz toda a diferença no momento de estabelecer um diferencial competitivo, visto que os consumidores valorizam experiências únicas e relevantes. Assim, a oportunidade está em buscar soluções digitais adequadas ao tamanho e perfil de cada negócio, focando em oferecer valor e comodidade aos clientes.

Esse processo apresenta desafios significativos para os pequenos negócios de food service, possíveis de serem superados de forma estratégica. Ao adotar a digitalização como uma aliada na busca por melhorias operacionais e conquista de mercado, os pequenos negócios podem prosperar em um ambiente cada vez mais conectado.

*João Alfredo Pimentel é empresário digital serial na área de TI, fundador da 6place (plataforma digital de abastecimento) e investidor-fundador do SCALEXOPEN (fundo de investimento para startups em estágio seed e pré-seed de base tecnológica com alto poder de escalabilidade).


Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp