22/08/2023 às 12h07min - Atualizada em 23/08/2023 às 08h26min

Galeria Jacques Ardies no Rotas Brasileiras 2023 - Stand E09

Silvia Balady
divulgação
 Jacques Ardies chega à Rotas Brasileiras como representante reconhecido por seu trabalho em divulgação e inserção da arte popular, no Brasil e no mundo. Para sua primeira participação no circuito de feiras SP-Arte, o stand E9 de sua galeria homônima, oferece uma cuidadosa seleção de trabalhos de coleções privadas além de obras de seu acervo. Os 14 artistas escolhidos - Agostinho Baptista de Freitas, Ana Maria DiasDilaEdivaldo, Elisa, Elza O. S, Gerson, Isabel de JesusIvan MoraesIvonaldoMadeleine ColaçoMara Toledo, Miriam, Silvia – permitem ao público um contato diferenciado e pessoal com uma das mais brasileiras representações da arte do país. Um segmento reconhecidamente não acadêmico cujas obras são fruto da criação do próprio artista refletindo com mais expressividade as crenças e tradições de sua rotina diária.
Jacques Ardies, franco-belga que escolheu o Brasil como seu lugar, atua na área cultural há 44 anos com sua galeria funcionando ininterruptamente e, com o diferencial de quem convive, ou conviveu, com a totalidade dos artistas que representa. Quando abriu as portas de seu primeiro espaço em 1979, não existia nenhum outro local dedicado ao segmento Popular, onde se estabeleceu. É testemunha ocular da autenticidade das obras que negocia. Conhece as histórias de vida, sucessos e pequenos fracassos, além de poder desfrutar da total lealdade e fidelidade profissional de seus parceiros mesmo quando o espólio passa a ser gerido pela família.
Seus artistas têm a possibilidade de ampliar seus mercados para além das fronteiras nacionais com os projetos que desenvolvem em parceria com instituições europeias, além de serem selecionados para livros editados e publicados. Em 1998, Jacques Ardies lança Arte Naif no Brasil com a colaboração do crítico Geraldo Edson de Andrade e em 2003, publica Ivonaldo, livro sobre a vida e obra do artista pernambucano, com texto do crítico de Jorge Anthonio e Silva. Em 2010, o segundo livro Arte Naïf no Brasil II que, em 2014, tem publicada sua edição em francês.
 
Os artistas têm em comum a sutileza com que retratam os temas ligados à natureza e ao dia a dia. Usando as cores com habilidade, eles transmitem em cada um de seus quadros a alegria, o lirismo e o otimismo característicos do povo brasileiro.”    Jacques Ardies
 
·A Galeria
Galeria Jacques Ardies está sediada em imóvel antigo totalmente restaurado. Desde a abertura de sua primeira galeria – Cravo e Canela – em agosto de 1979, Jacques Ardies atua na divulgação e na promoção da arte popular brasileira. No ano seguinte, abre novo espaço, já com o seu nome, no Paraíso, onde fica por 25 anos. Em 2005, muda-se para seu atual endereço, na Vila Mariana. Ao longo das últimas quatro décadas, realiza inúmeras exposições tanto em seu espaço como em instituições nacionais e estrangeiras, com destaque para MAC/ Campinas, MAM/ Goiânia, Espace Art. 4 - Paris, Espaço Cultural do FMI em Washington DC, USA, Galeria Jacqueline Bricard, França, a Galeria Pro Arte Kasper, Suíça e Gina Gallery, Tel-Aviv, ,Israel. Em 1998, Jacques Ardies inicia a publicação de livros e, em 2016 realiza projetos de exposições do segmento, em instituições como Memorial da América latina (SP), Musée Internationale Anatole Jakovsky (Nice, França) e Museu Internacional de Arte Naïf (RJ). A galeria possui em seu acervo obras, entre pinturas e esculturas, de 80 artistas representativos do movimento da Arte Popular Brasileira.
·SP–Arte – Rotas Brasileiras
O evento que ocorre na ARCA, galpão industrial na Vila Leopoldina, em São Paulo, tem foco em projetos selecionados, solos ou coletivos, onde a feira busca estreitar laços entre agentes das cinco regiões do país, valorizando a produção fotográfica e artística de todo o território nacional. Segundo Fernanda Feitosa, diretora da SP–Arte, “existe uma produção de altíssima qualidade que vem da Amazônia, do Vale do Jequitinhonha, de capitais e interiores em diferentes regiões às quais nem sempre temos acesso. Rotas Brasileiras é um convite a essa imersão”. Com 70 expositores, a SP–Arte Rotas Brasileiras apresentará projetos curados que ampliam narrativas e perspectivas sobre a arte brasileira.
 
Para texto completo e imagens das obras disponíveis, clicar AQUI

SERVIÇO
SP–Arte – ROTAS BRASILEIRAS
Galeria Jacques Ardies - Stand E9
Data: 30 de agosto a 03 de setembro de 2023
Horários
30 agosto (quarta-feira)
11h–19h - Preview para convidados
31 agosto (quinta-feira)
11h–14h - Preview para convidados
14h–19h - Abertura para público geral
01–02 setembro (sexta-feira – sábado)
12h–19h - Abertura para público geral
03 setembro (domingo)
11h–18h - Abertura para público geral
Local: ARCA
Av. Manuel Bandeira, 360 - Vila Leopoldina - São Paulo, SP
Valor: R$ 70,00 (geral), R$ 35,00 (meia-entrada) (para estudantes, portadores de deficiência e pessoas com mais de sessenta anos (necessária a apresentação de documento); grátis para crianças até 10 anos
Compra de ingressos: Bilheteria SP-Arte
Classificação indicativa: Livre
 
Galeria Jacques Ardies
EndereçoRua Morgado de Mateus, 579, Vila Mariana, São Paulo, SP
Telefone: (11) 96815.0887
Horários: de terça a quinta-feira, das 10 às 17:30hs; sábado das 10 às 16hs
Site: https://ardies.com/
Instagram: @galeriaJacquesArdies
Facebook  @GaleriaJacquesArdies
e-mail: [email protected]
Linkedin: @GaleriaJacquesArdies
 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp