21/08/2023 às 15h14min - Atualizada em 23/08/2023 às 08h26min

Instituto Cultural Sicoob UniCentro Br anuncia vencedores do III Prêmio Nacional de Poesia

Realizada no Espaço Ser, na sede da instituição, a solenidade reuniu autoridades e poetas, além de cooperados e gestores da cooperativa

Kasane Comunicação Corporativa
Divulgação
A atípica manhã nublada do dia 15 de agosto, foi propícia para o anúncio dos vencedores do III Prêmio Nacional de Poesia. Promovida pelo Instituto Cultural Sicoob UniCentro Br, em parceria com a Academia Goiana de Letras (AGL), a solenidade aconteceu no Espaço Ser, onde fica a sede do Instituto, e reuniu autoridades da cena cultural, instituições apoiadas por projetos da cooperativa, além de gestores do Sicoob UniCentro Br.

A premiação tem a finalidade de fomentar as manifestações artístico-culturais dos cooperados, buscando motivar a produção poética, divulgando o resultado desse processo criativo. Os vencedores desta edição receberão prêmio em dinheiro (R$ 3.000 para o primeiro; R$ 2.000 para o segundo e R$ 1.000 para o terceiro) e terão os poemas publicados na Revista Cultural do Sicoob UniCentro Br.

O jornalista e compositor da cena underground goiana, Michel Vieira de Paiva, conquistou o primeiro lugar com a poesia “Gira Social”, que faz uma crítica a desigualdade social. “Estou muito honrado em estar aqui hoje. Além de ser cooperado, trabalhei por um tempo no cooperativismo. Nunca participei de nenhum concurso, sempre faço minhas poesias, algumas se tornaram músicas, e hoje vendo tantas histórias bonitas aqui, de pessoas que escrevem há muito tempo, só queria dizer que é uma honra muito grande”.

O segundo lugar ficou com a médica Ledice Inácio de Araújo Pereira, com o poema “Minha Avó”, que faz uma comparação com as avós de antigamente as avós da atualidade. “Eu queria parabenizar a cooperativa, o Instituto e a Academia. Eu nunca tinha divulgado meus poemas. Escrevo desde a adolescência e gosto de traduzir em palavras as coisas simples do dia a dia e quando vi que teria o prêmio, decidi me inscrever”.

A terceira colocação foi ocupada com o poema “Mover das águas”, da cooperada Célia Maria Holanda Cavalcante. Graduada em administração de empresas pela Universidade Católica de Brasília, ela atualmente trabalha como revisora e redatora digital. “No segundo concurso de poesia que o Instituto promoveu, o Gilberto Mendonça disse que ‘a poesia está logo ali’. Sim! A poesia está no coração de cada um de nós, mas ela precisa de ações como essa para despertar.  Ela vive nos livros, na natureza, em cada um de nós, e eu me sinto muito feliz e honrada por estar aqui com vocês”.

A acadêmica da AGL e coordenadora do III Prêmio Nacional de Poesia, Leda Selma, ressaltou a importância da iniciativa. “Agradeço e parabenizo ao Sicoob UniCentro Br por ser uma instituição financeira com compromisso cultural. A seriedade do concurso é a nossa prioridade, os acadêmicos que participam da nossa comissão apenas sabem o pseudônimo dos concorrentes, e ficam sabendo apenas durante esta solenidade o verdadeiro nome dos contemplados”.

Homenagem
Realizado com o objetivo de valorizar as manifestações artístico-culturais de seus cooperados, esta edição do Prêmio Nacional de Poesia homenageou o médico Geraldo de Jesus Gonsalves, professor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Goiás, e um dos fundadores do Sicoob UniCentro Br.

Em forma de versos, a esposa do homenageado, Tarsila Alexandrina Gonsalves, enalteceu a iniciativa e agradeceu a reverência. “Expresso minha admiração pelo Geraldo, homem com que convivo há mais de 55 anos, excelente pai, bom marido, pessoa fácil de conviver, em público desejo-lhe muita saúde e realizações, uma vez que a ele só posso agradecer (...) Aos admirados poetas que se inscreveram para participar, usando palavras bonitas, suscitaram emoções e ainda algumas das minhas recordações. Assim, a todos, me cabe homenagear. Devo ainda estender minhas congratulações a direção dessa cooperativa, sempre proficientes, tão ativos, oferecendo a todos os cooperados, além de estabilidade financeira, incentivos na parte cultural”.

O grande homenageado fez um resumo da sua trajetória na cooperativa, agradecendo as saudações. “Foi com muita alegria e surpresa que recebi a notícia que esta edição do prêmio levaria meu nome. Acredito que a homenagem é para todos os fundadores. Buscamos naquele momento histórico em 1992 criar uma opção para a categoria médica, depois para as demais áreas da saúde, a oportunidade para facilitar a vida financeira de cada um. O Sicoob UniCentro Br, inicialmente UniCred, não se preocupou apenas com o crescimento financeiro dos seus associados, mas também criou o Instituto. Sinto-me feliz por ter participado dessa história, atuando como pioneiro e conselheiro de administração e sendo testemunha desse vertiginoso crescimento, declarou.

O coordenador do Instituto, Fernando Cupertino, ressaltou a trajetória vitoriosa de Geraldo, além de anunciar a continuidade do concurso. “Gostaria de saudar de maneira muito especial o nosso homenageado, que atuou no Hospital Geral de Goiânia, o qual passei como interno. É uma pessoa que marcou e marca não apenas o cenário médico, mas o cenário da sociedade goianiense. Agradeço ainda a todos os cooperados que nessa terceira edição do prêmio compareceram enviando seus poemas e agradecer mais um ano de parceria com a AGL. É uma alegria estar nessa coordenação do Instituto Cultural dando sequência ao trabalho pioneiro do nosso querido professor Hélio Moreira, que durante muitos anos conduziu esse Instituto. E agora, com muita alegria, anunciamos a quarta edição do Prêmio Nacional de Poesia”.

Entre as autoridades que participaram da solenidade estiveram: Diogo Mafia, diretor-presidente eleito do Sicoob UniCentro Br; Raimundo Nonato, atual diretor-presidente do Sicoob UniCentro Br; Clidenor Gomes Filho, presidente do Conselho de Administração; Aidenor Aires Ferreira, presidente da Academia Goianiense de Letras; os conselheiros  Geraldo Leal, Ana Lúcia de Paiva Queiroz, e Rosa Maria do Nascimento Gonçalves; Elizabeth Caldeira Brito, presidente da Academia Feminina de Letras e Artes de Goiás (Aflag); José Ubirajara Galli Veira, presidente da Academia Goiana de Letras; Eliomar Pires, procurador da Câmara Municipal de Goiânia, que estava representando o vereador Anselmo Pereira e Alessandra Bezerra, assessora de comunicação e eventos da Apae Goiânia.
 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp