23/08/2023 às 10h13min - Atualizada em 25/08/2023 às 00h00min

Horizonte Minerals participa da Exposibram 2023

Taís Paes de Barros
Foto: Divulgação Horizonte Minerals
Horizonte Minerals participa da Exposibram 2023
  • Projeto Araguaia Níquel será apresentado por meio de realidade virtual;
  • Empresa participa do Congresso, com minicurso sobre Recursos Humanos para Mineração

A Horizonte Minerals – empresa com ações na bolsa de Londres e do Canadá e atuação no Pará – participa, pela terceira vez, da Exposibram, um dos mais relevantes eventos de mineração da América Latina. A empresa está construindo o Projeto Araguaia, maior investimento greenfield em níquel no Brasil, no município de Conceição do Araguaia, no sudeste paraense, e também é proprietária do Projeto Vermelho, de níquel e cobalto, em Canaã dos Carajás, em fase de estudo de viabilidade.

A Horizonte Minerals contará com um estande na feira para receber profissionais do setor de mineração, estudantes, fornecedores, representantes de órgãos governamentais e o público em geral.  Os visitantes terão a oportunidade de conhecer, em detalhes, o Projeto Araguaia Níquel por meio de realidade virtual, em parceria com a Draft Solutions.

“Participar da Exposibram é de extrema relevância, uma vez que o evento é uma grande vitrine para o setor de mineração”, afirma Leonardo Vianna, diretor do Projeto Araguaia. “Temos a oportunidade de debater ideias e trocar experiências com um público altamente qualificado e mostrar a importância dos nossos projetos, que irão alavancar a produção do níquel no país, metal fundamental para a transição energética, além de promover desenvolvimento econômico e social no sudeste do Pará”, explica o executivo.

A empresa participa também do Congresso Brasileiro de Mineração, que acontece em paralelo à exposição. No dia 29/8, o diretor de Pessoas, Rinaldo Dantas, será um dos palestrantes do minicurso Recursos Humanos para Mineração – Formação e Retenção. Moderado por Junior Lopes, presidente executivo da ABRH/PA, o painel contará com as participações de executivos da IEL/PA; SENAI/PA; FIEPA. IBRAM e Centaurus Níquel, que vão abordar a atuação das áreas de recursos humanos sobre as diversas formações e qualificações e ofertas de cursos no setor.

“Desde o início do Projeto Araguaia, a Horizonte já formou, em parceria com o SENAI, mais de 430 profissionais de um total de 488 capacitações previstas para conclusão nos próximos meses. Atualmente, entre as pessoas mobilizadas no Projeto, 43% são paraenses e 37% são de Conceição do Araguaia, onde estamos construindo o Projeto”, afirma Rinaldo Dantas. A Empresa também investe em Programas de Desenvolvimento de Fornecedores, em parceria com a FIEPA, com o objetivo de fornecer conhecimento e ferramentas de gestão para empreendedores locais, que proporcionem melhor desempenho em suas atividades produtivas, além de fomentar novas oportunidades de negócios.

Sobre o Projeto Araguaia Níquel
Em construção em Conceição do Araguaia, sudeste do Pará, o Projeto Araguaia Níquel é o maior investimento greenfield em níquel no Brasil. Com vida útil da mina de 28 anos, a Linha 1 vai produzir 14.500 toneladas por ano de ferroníquel por ano para abastecer o mercado de aço inox.

Em março deste ano, foi assinado contrato para Estudo de Viabilidade da Linha 2, visando dobrar a produção de níquel para 29.000 toneladas por ano. Espera-se que o Estudo de Viabilidade da Linha 2 demonstre uma vida útil da mina de mais 25 anos. A Linha 2 proporcionará maior flexibilidade de produção, menor intensidade de capital e maiores margens operacionais. A expectativa é que o estudo de viabilidade seja concluído no segundo semestre deste ano.

Atualmente, mais de 3,3 mil pessoas atuam na construção do Projeto Araguaia entre empregados diretos e indiretos, que está com 65% das obras concluídas, com o primeiro metal previsto para o primeiro trimestre de 2024.

No início de julho/23, o Projeto Araguaia recebeu a Autorização de Comissionamento da Atividade de Extração Mineral. O documento foi emitido pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado do Pará (SEMAS) e permite que a Horizonte comece a extração de minério, com o trabalho inicial em andamento para formar estoque antes da fase de comissionamento. Essa autorização permite à empresa lavrar, armazenar e classificar o minério, otimizando a consistência do minério que vai alimentar a planta, processo necessário para mitigar riscos durante o comissionamento.

Projeto Vermelho de Níquel e Cobalto
A Horizonte Minerals também é proprietária do Projeto Vermelho de Níquel e Cobalto, no município de Canaã dos Carajás, no estado do Pará, que está em fase de estudo de viabilidade. A conclusão do estudo está prevista para 2024.

Mineração no Pará
O estado do Pará vive um processo de expansão e crescimento da mineração. De acordo com o Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral), nos próximos anos, diversas empresas deverão investir cerca de R$ 36 bilhões em diferentes projetos no estado.

Produção de níquel
A produção mundial de níquel atualmente é de aproximadamente 3 milhões de toneladas por ano. A expectativa é que, até 2040, a produção cresça e atinja a marca de 5,4 milhões de toneladas/ano e a demanda ultrapasse 7,5 milhões de toneladas/ano (dados da Mineral Intelligence 2022). Com produção prevista para 2024, a Horizonte Minerals detém o principal investimento em níquel em terras brasileiras, de acordo com levantamento do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM).

Serviço:
Expo & Congresso Brasileiro de Mineração (EXPOSIBRAM)
Data: 29 a 31 de agosto de 2023 (28 de agosto, das 19h às 21h, após solenidade de Abertura)
Horário da exposição: das 14h às 21h
Local: Hangar Convenções & Feiras da Amazônia - Av. Dr. Freitas, s/n – Marco, Belém/PA
Inscrição gratuita online: https://sigevent.pro/ibram/visitantes/?id_edicao=100&linguagem=portugues
Estandes Horizonte Minerals: E34 3 E36
Participação da Horizonte Minerals no Congresso Brasileiro de Mineração:
29/08/2023, das 10h às 12h30 – Sala Multiuso 7
Minicursos: Recursos Humanos para Mineração – Formação e Retenção (necessário estar inscrito nos Minicursos)

Sobre a Horizonte Minerals
A Horizonte Minerals está desenvolvendo dois projetos Classe 1, 100% de sua propriedade no Estado do Pará: o Projeto Araguaia Níquel e o Projeto Vermelho de Níquel e Cobalto. Ambos de grande escala, alto teor de níquel, baixo custo, baixa emissão de carbono e escaláveis. O Projeto Araguaia está em construção, com o primeiro metal previsto para o início de 2024. Quando estiver com as Linhas 1 e 2 em fase de produção, produzirá 29.000 toneladas de níquel por ano. O Projeto Vermelho está em fase de estudo de viabilidade e a expectativa é fornecer níquel para o mercado de metais críticos. O perfil de produção combinado da Horizonte Minerals de mais de 60.000 toneladas de níquel por ano posiciona a Empresa como uma produtora de níquel relevante globalmente. Os três principais acionistas da Horizonte são La Mancha Investments S.à r.l., Glencore plc e Orion Resource Partners LLP.

Para mais informações, visite www.horizonteminerals.com.br ou entre em contato:

Assessoria de Imprensa - InPress Porter Novelli
Taís Barros
55 (11) 3330-3815
[email protected]


 



 
 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp