29/08/2023 às 14h14min - Atualizada em 30/08/2023 às 00h11min

Ortopedia Veterinária Regenerativa

Saiba como as terapias inovadoras promovem cura e mobilidade dos pets

Luiz Fernando
Luiz Fernando, médico veterinário na Clínica Veterinária Professor Israel. Instagram: @vetprofisrael
Internet
 

A Ortopedia Veterinária Regenerativa é uma área da medicina veterinária que se concentra em usar terapias inovadoras para promover a cura e a mobilidade em animais de estimação com problemas ortopédicos. Essas terapias visam estimular os processos naturais de regeneração do corpo para ajudar na recuperação de lesões musculoesqueléticas, articulares e ósseas. 

O médico veterinário, Dr. Luiz Fernando explica que a ortopedia regenerativa utiliza técnicas que visam a recuperação de tecidos lesionados podendo ou não estar associada ao tratamento cirúrgico. “Utilizamos as técnicas de aplicação ou infiltração de plasma rico em plaquetas e células tronco que promovem recuperação de tecido lesionado auxilia na no tratamento anti-inflamatório, promove melhor cicatrização diminui ou até cessa a dor desses tecidos lesionados. Também utilizamos a aplicação de ácido hialurônico e sulfato de condroitina”, diz.

Em relação às lesões musculoesqueléticas em que os animais podem se beneficiar das terapias regenerativas, o veterinário ressalta que todas as lesões articulares, principalmente na articulação coxofemoral nos casos de displasia.”As lesões de joelho como a luxação de patela e ruptura do ligamento cruzado cranial. Recuperação de fraturas e lesões em ligamentos e tendões”, completa. 

Benefícios das terapias regenerativas

Elas se concentram na estimulação, aceleração ou direcionamento dos processos naturais de regeneração do corpo, visando restaurar a função dos tecidos e órgãos danificados. “Quando utilizadas sozinhas, muita das vezes evita procedimentos cirúrgicos. Quando utilizada associada com o procedimento cirúrgico, promove recuperação mais rápida e com menor dor pós operatória”, acrescenta Luiz Fernando. 

  • Promoção da regeneração natural;
  • Redução de cicatrizes;
  • Menos efeitos colaterais;
  • Minimização da necessidade de cirurgia;
  • Personalização no tratamento;
  • Melhoria da qualidade de vida.
Fonte: Luiz Fernando, médico veterinário na Clínica Veterinária Professor Israel. Instagram: @vetprofisrael

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp