16/02/2024 às 16h55min - Atualizada em 17/02/2024 às 00h15min

Grupo de teatro “LOS MUCHOS tchá-tchá-tchá” abre temporada do espetáculo “(Apenas) 3 canções para amolecer seu coração”

Verbo Nostro
Verbo Nostro
Fotos de Rogener Pavinski
Despertar o desejo da expressão artística aliado a um mergulho em memórias afetivas ativadas por meio de canções populares e do universo brega, em ações direcionadas aos idosos, mas não somente. Pelo contrário, é um convite ao público de todas as idades, sem distinção. Com esse propósito, o Grupo de Teatro LOS MUCHOS tchá-tchá-tchá, de Ribeirão Preto, abre a segunda temporada do espetáculo “(Apenas) 3 canções para amolecer seu coração” no dia 17 de fevereiro (sábado), em ILPIs de Sertãozinho (às 10 horas) e de Taquaritinga (às 16h). A agenda de circulação do projeto segue até maio, com sessões nas ILPIs das cidades de Araraquara, Matão, Porto Ferreira, São Carlos e Ribeirão Preto.  A temporada terá encerramento com uma apresentação no Teatro Municipal de Ribeirão Preto, aberta ao público em geral (confira agenda completa no final do texto).
  
Antes dos espetáculos, cada ILPI receberá uma oficina de dança-teatro. “A intenção é valorizar os participantes, seus saberes e seus talentos individuais, de forma a despertar neles o desejo e a vontade de fazerem parte do espetáculo, subindo ao palco com os atores e músicos profissionais”, explica a atriz Renata Martelli, que ministra a oficina de teatro junto com a coreógrafa Renata Defina.
 

Oficina realizada em Sertãozinho

Nos lares e instituições voltadas ao acolhimento e cuidado de idosos, o grupo LOS MUCHOS transforma a apresentação de aproximadamente 25 minutos numa experiência que não se restringe apenas a apreciar o espetáculo como plateia, mas sim integrar-se ao elenco como artista. No primeiro encontro, os idosos experimentam a oficina de dança-teatro e no segundo momento apresentam o espetáculo para a comunidade daquela ILPI e a convidados. Cada ILPI terá sua maneira de compor neste dia, convidando profissionais, familiares e amigos da instituição. 

Oficina  em Taquaritinga

As oficinas têm duração aproximada de 2 horas e 30 minutos e são pontuadas por um repertório de canções que estão registradas no inconsciente coletivo ou fazem parte do imaginário popular, buscando um elo direto de identificação com o público que sofre as ações.

Oficina  em Taquaritinga

“(Apenas) 3 canções para amolecer seu coração” é um espetáculo leve, que convida à diversão, mas ganha camadas mais profundas na medida em que abre espaço de fala e manifestação de pessoas entregues ao anonimato dentro de suas próprias vidas, entre outras percepções. “Este trabalho está muito ligado a oferecer aos idosos, como protagonistas, a oportunidade de uma vivência divertida na dança, na música e no teatro”, comenta Renata Defina lembrando que, na primeira temporada, realizada no ano passado, houve uma mistura entre a expectativa de fazer e cumprir o proposto e a leveza do querer se divertir com aquela experiência. “O ponto central é o protagonismo dos idosos na ação. Há, por vezes, certo saudosismo, próprio desse período da vida, mas tudo flui num misto de força, medo, coragem e alegria”, completa Renata Martelli.

Trocas
O grupo contempla quatro gerações em seu elenco. Além da atriz-dançarina Renata Martelli e da coreógrada Renata Defina, participam deste projeto os artistas: Rosana Pavinski (atriz-dançarina), Pedro Sossego (baixo elétrico e canto), André Cruz (ator-dançarino) e o jovem pianista e cantor Nicolas Trivialato, de apenas 21 anos – que precisou aprender músicas que não eram do seu repertório pessoal para alcançar senhoras e senhores com até 90 primaveras no currículo.

O intercâmbio geracional entre o grupo LOS MUCHOS e os idosos das instituições é um ponto celebrado pela trupe. “Essa mistura de idades é uma riqueza para todos nós. Além disso, pessoas de todas as faixas etárias podem assistir e se divertir também - pela leveza, pela alegria, delicadeza e consistência. O espetáculo tem um humor, explora o brega, o cafona e um exagero que adoro”, entrega a atriz Martelli.

Origem do projeto
A ideia de levar a produção para outros espaços nasceu após a experiência no SESC, em 2023, e chega nesta nova temporada pensada e moldada na necessidade de idosos verem no palco as suas referências culturais, pouco contempladas pelas propostas artísticas de maneira geral. “A arte pode levar em conta o valor dos referenciais de memória cultural e de vivências do público dessa faixa etária”, sublinham as artistas.

Para essa nova temporada em instituições sociais, o grupo gera expectativas quanto a disponibilidade do público-alvo e revela que, na experiência do ano passado, contou com idosos que frequentam o TSI – Trabalho Social com Idosos do SESC Ribeirão Preto – um perfil com interesse prévio nas atividades e isso fez a oficina acontecer com bastante fluidez. “Agora, pode ser que a gente encontre vários perfis de pessoas – como aquelas que prefiram só observar o trabalho. Mas também será válido. E incrível”, projeta Renata Defina. “Por diferentes razões, nossa sociedade tira do idoso o protagonismo na cena do pertencimento. E esse acolhimento é uma necessidade”, completa Renata Martelli.

Contemplado pelo edital 02/2023 do ProAc (Programa de Ação Cultural) do Governo do Estado de São Paulo, o projeto encerrará a turnê no dia 21 de maio, com apresentação gratuita e aberta ao público, no Teatro Municipal de Ribeirão Preto. Neste dia, participarão idosos convidados que já integraram o projeto. Também será exibido um minidocumentário mostrando partes da construção do trabalho, trechos das peças apresentadas, depoimentos de participantes da oficina e do público que assistiu às apresentações. A intenção é compartilhar o processo, dar voz aos idosos das instituições, promover auto reflexão e servir de inspiração para quem estiver na plateia. Após a estreia, o minidocumentário será disponibilizado no canal do YouTube do grupo.   

Sobre o LOS MUCHOS tchá-tchá-tchá
Há mais de 25 anos, o grupo realiza espetáculos que se caracterizam por uma linguagem simples, acessível, divertida e mambembe, remetendo ao dramalhão circense, ao teatro de rua e ao brega. Tangos, boleros, tchá-tchá-tchá, canções populares, bregas ou cafonas. Tudo o que está no inconsciente coletivo ou no imaginário popular torna-se elemento e suporte para criação. 

Em cena, dois músicos, duas atrizes e um ator “contam a história” através de canções executadas ao vivo e dançadas de forma teatral não representativa. A intenção é ampliar perspectivas e desdobramentos que as baladas sugerem. Cada música tem seu enredo. Quando colocadas numa determinada sequência inspiram novas narrativas de forma não explícita, tecendo uma dramaturgia única, talhada ao trabalho. 

A estética brega é soberana e está presente no gestual, nas soluções cênicas, na vestimenta, no maneirismo/afetação, no exagero e também em situações clichês que o grupo não se intimida em realizar. Embora essa estética seja historicamente desvalorizada, o grupo faz uma reverência a ela, enaltecendo-a e colocando-a de forma sofisticada, porém simples, em lugar de prestígio.
 
SERVIÇO 
Espetáculo de dança-teatro “(Apenas) 3 canções para amolecer seu coração” - com o Grupo de Teatro LOS MUCHOS tchá-tchá-tchá

Data e horário: 17/02 (sábado) | 10h
Local: Sertãozinho (Casa Pia de Sertãozinho)
Endereço: Rua Frederico Ozanan, 931 - Sertãozinho/SP

Data e horário: 17/02 (sábado) | 16h
Local: Taquaritinga (Lar São Vicente de Paulo)
Endereço: Av. Antônio Micali Nº 1467 - Jd São Vicente, Taquaritinga, SP 

Data e horário: 02/03 (sábado) | 10 h
Local: Matão (Lar São Vicente de Paulo)
Endereço: R. Sinharinha Frota, 30 - Jardim Pereira, Matão - SP

Data e horário: 02/03 (sábado) | 14h30
Local: Araraquara (Lar Otoniel de Camargo)
Endereço: Av Antônio Micali Nº 1467, Jd São Vicente, Taquaritinga, SP 

Data e horário: 16/03 (sábado) | 10 h
Local: Porto Ferreira (Solar Jovens de Ontem)
Endereço: R. João Colussi, 307 - Estância dos Granjeiros, Porto Ferreira - SP

Data e horário: 16/03 (sábado) | 16h
Local: São Carlos (Abrigo Helena Dornfeld)
Endereço: R. Venezuela, 101 - Vila Brasilia, São Carlos - SP

Data e horário: 23/03 (sábado) | 16h
Local: Ribeirão Preto (Casa do Vovô)
Endereço: R. Tapajós, 2847-2909 - Ipiranga, Ribeirão Preto – SP
 
Data e horário: 21/05 | A definir horário
Local: Teatro Municipal de Ribeirão Preto (Alto do São Bento, s/nº) 
OBS> Apresentação aberta e gratuita. Classificação livre.
.
Instagram: @grupolosmuchos/
Teaser: https://www.youtube.com/watch?v=obER9pYmrBQ

Ficha técnica
Direção Artística: Renata Martelli
Coreografia: Renata Defina
Ator-dançarino: André Cruz
Atriz-dançarina:  Renata Martelli
Atriz-dançarina: Rosana Pavinski
Músico (baixo elétrico e canto): Pedro Sossego
Músico (piano e canto): Nicolas Trivilato 
Designer Gráfico: Daniel Bendasoli
Figurinista e Costureira: Zezé Querubin
Iluminação (Designer de Luz e Operação):  Michel Masson 
Produção Executiva: Erica Santos
Assistente de Produção: Luis Paulo dos Santos 
Fotos de Rogener Pavinski 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp