22/02/2024 às 17h05min - Atualizada em 24/02/2024 às 00h07min

Rede Windsor Hoteis apoia a 10ª edição do Rio Open

Maior torneio de tênis da América do Sul será realizado até o dia 25 de fevereiro, no Jockey Club, no Rio, e terá competição inédita para comemorar o aniversário de 10 anos

Monica Hing - RPM Comunicação
Carlo Wrede
A Rede Windsor Hoteis está apoiando o Rio Open, maior torneio de tênis da América do Sul, que completa 10 anos em 2024. A edição deste ano será realizada até o dia 25 de fevereiro, no Jockey Club Brasileiro, e já começou a ser celebrada pela organização do evento com o lançamento de um manifesto e um selo especial. Além disso, terá pela primeira vez uma disputa em cadeira de rodas.

O manifesto, que tem sua versão em vídeo narrada pela jornalista Flávia Oliveira, resgata as diversas facetas do torneio ao longo desses anos: os destaques das estrelas internacionais dentro de quadra, os inúmeros campeões consagrados nos jogos e o alcance nacional e internacional da competição, que já levou mais de 600 mil torcedores para as arquibancadas. Além disso, também para celebrar o aniversário do evento, o selo comemorativo de 10 anos irá fazer parte da identidade do Rio Open 2024.

O Rio Open, um dos 13 campeonatos de nível ATP 500 do calendário internacional em 2024, começa de maneira especial já em seu line-up. A competição, disputada em quadras de saibro, contará com três campeões de Grand Slam. Encabeça a lista de astros internacionais o espanhol Carlos Alcaraz, vencedor do US Open em 2022 e em Wimbledon em 2023. O ex-número 1 do ranking mundial jogará o Rio Open pela quarta vez na carreira, sendo finalista nas duas últimas edições. Campeão em 2022 e vice no ano passado, o tenista de apenas 20 anos de idade tentará conquistar o bicampeonato no Rio de Janeiro.

Além de Alcaraz, o outro campeão de Grand Slam que está no Rio Open, é o suíço Stan Wawrinka. Ele é um dos maiores vencedores de Grand Slam da geração atual, tendo conquistado três títulos do nível. Campeão no Australian Open 2014 contra Rafael Nadal e em Roland Garros (2015) e no US Open (2016) contra Novak Djokovic, o suíço soma cinco vitórias contra tenistas número 1 do mundo em Grand Slams. Quem também retorna ao Jockey Club Brasileiro é o britânico Cameron Norrie, atual campeão do torneio. O tenista é dono de cinco títulos do nível ATP e marcou a sua história no Rio Open não só com a conquista da taça de campeão, como também com a vontade de se envolver com a cidade do Rio de Janeiro, ficando emocionado com a visita à Rocinha na última edição. Norrie vai em busca da defesa do título no torneio, algo que jamais foi feito na história da competição brasileira.

Para duelar com os tenistas internacionais, o Brasil contará com ao menos quatro jogadores na chave principal. Já estão garantidos na disputa Thiago Wild, classificado diretamente pelo ranking da ATP; Thiago Monteiro e João Fonseca, convidados pela organização do Rio Open; e Gustavo Heide, campeão da Maria Esther Bueno Cup, torneio classificatório disputado em São Paulo. Este número de brasileiros, porém, pode aumentar após o qualifying. Felipe Meligeni, Matheus Pucinelli e João Lucas Reis estão confirmados na disputa classificatória.

Realizado pela primeira vez em 15 de fevereiro de 2014, também no Jockey Club, o Rio Open terá um torneio internacional inédito de tênis em cadeira de rodas, dos dias 22 a 24 de fevereiro. O Wheelchair Tennis Elite reunirá atletas do Brasil, Japão e Grã-Bretanha, que fazem parte da elite mundial da modalidade. Nessa competição, irão participar os britânicos Alfie Hewett e Gordon Reid, o brasileiro Daniel Rodrigues, e o japonês Shingo Kunieda. A organização ressalta que o evento possui estrutura acessível e segue as normas e padrões estabelecidos para facilitar a circulação e acomodação de pessoas com deficiência.

“Estamos extremamente felizes pela oportunidade de apoiar a edição comemorativa de 10 anos do Rio Open. O evento, por si só, já é muito tradicional e importante para o Rio de Janeiro, tendo grande colaboração para a economia e o turismo da cidade. No entanto, a edição de 2024 é ainda mais especial, já que terá, pela primeira vez, uma competição internacional de tênis em cadeira de rodas. Essa ação demonstra a preocupação do torneio com a acessibilidade e a inclusão das pessoas com deficiência, e a Rede Windsor Hoteis se orgulha em apoiar projetos que não somente percebem a importância do tema, mas que também tomam medidas efetivas no apoio a esses grupos”, ressalta Vitor Almeida, gerente de Marketing da Rede Windsor.

Além das competições, a 10ª edição do Rio Open também contará com o Leblon Boulevard, um espaço vibrante que vai muito além das delícias gastronômicas, um verdadeiro centro de entretenimento, onde os visitantes podem explorar os estandes de patrocinadores e marcas que apoiam o evento.

Rio Open Green

A preocupação com a sustentabilidade sempre esteve presente no Rio Open. Em 2020 foi
lançado o Rio Open Green, programa que objetiva minimizar o impacto ambiental do torneio,
atuando em duas frentes: na gestão eficiente e sustentável de resíduos e na redução e
mitigação das emissões geradas.

Hoje, o ATP 500 é carbono neutro, com certificado concedido pela Organização das Nações
Unidas (ONU). Em parceria com a Engie, maior empresa privada de energia do Brasil, as
emissões são compensadas por meio de créditos de carbono gerados pela energia renovável
proveniente da Usina Hidrelétrica Jirau. Desta forma, neutraliza a emissão de CO2 tanto do
evento em si, quanto do deslocamento dos espectadores. O Rio Open também possui uma
sólida política de gestão de resíduos desde o planejamento do torneio, seguindo os princípios
de reduzir, reciclar e reutilizar em todas as etapas do evento.

Social
Desde a primeira edição, em 2014, o Rio Open também segue firme no propósito de fortalecer
a sua atuação social, por meio da plataforma Rio Open Ace. O torneio apoia quatro projetos
ligados ao tênis, impactando mais de 600 famílias: Instituto Futuro Bom, Tênis na Lagoa,
Projeto Paraty Tênis e Escolinha de Tênis Fabiano de Paula. Todos eles são parceiros da
competição, além do NERO - Núcleo Esportivo Rio Open. Ao todo, são mais de 700 crianças
e jovens beneficiados pelas parcerias.

O evento também realiza o Torneio Winners, uma competição que reunirá cerca de 90
crianças e jovens destes projetos, e é realizada nas mesmas quadras em que os astros
internacionais disputam o título do Rio Open. Os integrantes dessas instituições também
ganham ingressos para assistir às partidas do evento do circuito da ATP, e alguns deles fazem
parte da equipe de Ball Kids, os famosos "boleiros”.


Serviço:
Rio Open 2024
Período: 17 a 25 de fevereiro
17 e 18 - Qualifying - sessão única 16h – abertura dos portões às 15h
19 a 22 - 1ª e 2 ª rodadas - duas sessões 16h30 e 19h – abertura dos portões às 15h
23 - Quartas de finais - sessão única 16h – abertura dos portões às 15h
24 - Semifinais e final de duplas - sessão única 17h – abertura dos portões às 15h
25 - Final - sessão única 17h30 – abertura dos portões às 15h
Local: Jockey Club Brasileiro - Rua Mario Ribeiro, 410 - Leblon, Rio de Janeiro
Apoio: Rede Windsor Hoteis

Sobre o Rio Open
O Rio Open 2024 conta com patrocínio máster da Claro, patrocínio do Santander, Mubadala, Shell, Black Princess, Engie, Betway, Emirates e Herbíssimo. Também com as empresas Rede Windsor Hoteis, Rolex, KIA, B3, EMS, Star+,Disney Cruise Line e, ainda com White Martins, New Holland, RedeDor, IBMEC, Café Melitta, PremieRpet, Zetaflex, Cremer, Shopping Leblon, ALLOS e Grey Goose.

A Fila será a responsável pelo material esportivo e a Wilson fornecedora da bola oficial do evento. Já a Worldwine oferecerá o espumante e vinho oficiais do Rio Open e a Lider fornece o mobiliário para o Corcovado Club, Espaço Pedra da Gávea e para o Players Lounge.

O evento conta ainda com parceria do Jockey Club Brasileiro e Prefeitura do Rio. O SporTV é a emissora oficial do Rio Open e exibe em HD todos os jogos da quadra central para o Brasil e mais de 140 países através da ATP Media.

O evento é incentivado pela Secretaria Especial do Esporte do Ministério do Esporte, através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte. Também é viabilizado pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte do Governo do Estado do Rio de Janeiro por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer.

A Lei de Incentivo ao Esporte é uma importante ferramenta de desenvolvimento e inclusão social que ajuda a levar a prática esportiva ao cidadão por todo o estado do Rio.

Mais informações: https://www.rioopen.com/pt-br/.
Sobre a Rede Windsor Hoteis
Há 37 anos como referência no setor de turismo, a Rede Windsor possui 17 hotéis de três a cinco estrelas. Dona de um dos maiores grupos hoteleiros independentes do país, tem 15 unidades no Rio de Janeiro – entre Zona Sul, Barra da Tijuca e Centro –, além de duas unidades em Brasília.
O Centro de Convenções & Hotéis Windsor tem 25 mil metros quadrados, 106 salões multiúsos, a maior plenária do espaço comporta até 2.500 pessoas, porém o maior evento realizado no ambiente já alcançou um público flutuante de 7 mil pessoas. Como reconhecimento por excelência em prestação de serviços de hospedagem, gastronomia e eventos, figura em premiações nacionais e internacionais.

Além disso, a Rede Windsor pretende investir em novas frentes que reforçam a sua solidez no mercado, assim como o cuidado com os hóspedes e com o aspecto social. Com esse posicionamento, a empresa reforça alguns dos seus principais valores, como excelência, sustentabilidade e solidariedade. E com o objetivo de atrair mais hóspedes e por acreditar em novas modalidades de comercialização, buscando sempre uma personalização no atendimento, a área de Vendas da Rede Windsor adotou uma flexibilização nas tarifas dos seus hotéis, disponibilizando valores das diárias com e sem café da manhã incluído.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp