23/02/2024 às 17h29min - Atualizada em 27/02/2024 às 00h04min

Acessórios coloridos e personalizados ajudam pais no cuidado com crianças diabéticas

Beatriz Scher, empreendedora da Biabética, explica como itens coloridos e fofos auxiliam famílias no tratamento da diabetes infantil

Broto Comunicação
Broto Comunicação
Créditos: Stella Ribeiro

Com mais de 16 milhões de casos, o Brasil ocupa o quinto lugar no ranking mundial de incidência de diabetes, segundo dados da Federação Internacional de Diabetes (IDF). Esse número alarmante pode atingir a marca de 21,5 milhões de pessoas até 2030, tornando o diabetes um sério problema de saúde pública no país e no mundo. Especificamente entre crianças e adolescentes, o diabetes tipo 1 é uma das doenças crônicas mais comuns, afetando cerca de 1,1 milhão de jovens em todo o mundo. Nesse contexto, a empreendedora Beatriz Scher, fundadora da Biabética, destaca o papel dos insumos personalizados na jornada de tratamento dessas crianças ao longo da vida. 

Beatriz, diagnosticada com diabetes tipo 1 aos 6 anos de idade, compreende os desafios enfrentados por jovens pacientes e suas famílias. "Quando descobri minha condição, percebi uma lacuna na disponibilidade de informações e suporte para lidar com o diabetes na infância. Essa falta de comunidade e recursos inspirou a criação da Biabética, que inicialmente começou como um local onde eu compartilhava minhas experiências. Hoje é uma loja, mas além disso, buscamos não apenas fornecer insumos personalizados, mas também promover a conscientização e o apoio emocional para crianças e famílias que enfrentam essa condição", conta. 

Atualmente as vendas para crianças e adolescentes representam mais de 60% de seus pedidos de acordo com Beatriz. Vendo o esforço dos pais e mães nessa missão, ela destaca a importância dos itens personalizados no tratamento das crianças com diabetes. "Nossos produtos são muito procurados por pais e mães para seus filhos. São coloridos, lúdicos e adaptados às necessidades específicas dos pequenos pacientes. Desde estojos de insulina até adesivos e monitores de glicose customizados, buscamos tornar o dia a dia dessas crianças mais alegre e menos estigmatizado", explica. 

Para Beatriz, a abordagem personalizada vai além do aspecto estético. "Ao permitir que as crianças escolham cores, estampas e itens que reflitam sua personalidade e interesses, estamos empoderando-as, promovendo autoestima e uma atitude positiva em relação ao tratamento. Além disso, criar uma comunidade online onde elas possam se conectar, compartilhar experiências e encontrar apoio mútuo é fundamental para enfrentar os desafios que o diabetes traz", afirma a empreendedora. 

"Ao compartilhar minha própria experiência e encorajar outras famílias a se unirem, esperamos criar uma rede de apoio e conscientização sobre o diabetes infantil. Juntos, podemos tornar essa jornada mais leve e positiva para as crianças e suas famílias. Nossa missão na Biabética é proporcionar às crianças com diabetes uma experiência de tratamento mais acolhedora e personalizada. Acreditamos que a inclusão de elementos coloridos e divertidos pode fazer toda a diferença em sua jornada de saúde." 

A trajetória de Beatriz Scher e sua iniciativa na Biabética demonstram como a combinação de inovação, empreendedorismo e sensibilidade pode impactar positivamente a vida de crianças com diabetes. Ao reconhecer a importância dos insumos personalizados e da comunidade de apoio, não apenas facilita-se o tratamento dessas crianças, mas também é possível promover uma abordagem mais humanizada e inclusiva para lidar com a condição. 

 

Sobre Beatriz Scher (@biabetica): 

Conhecida como a “influencer da diabetes”, a carioca de 30 anos começou a se aventurar na produção de conteúdo sobre a condição, em 2016. Diagnosticada aos seis anos com diabetes tipo 1, hoje seu objetivo é ser uma porta-voz em prol da conscientização da doença. Através do @biabetica, que conta com mais de 50 mil seguidores no Instagram, Beatriz Scher compartilha a rotina de uma pessoa com a condição, além de educar sobre tratamentos, aparelhos e tudo relacionado ao universo da diabetes. O projeto rendeu, inclusive, uma nova empreitada: a loja Biabética, e-commerce especializado em acessórios alegres e divertidos para pessoas com a condição. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp