23/02/2024 às 09h53min - Atualizada em 27/02/2024 às 00h06min

Cargill inicia projeto para transformar materiais recicláveis em melhorias nas escolas de Goiânia

Escola Verde é feito em parceria com a Secretaria da Educação e deve mobilizar estudantes, professores e comunidades em cinco escolas da cidade

Cargill
Cargill

A Cargill acaba de iniciar um projeto inovador em Goiânia: em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, a empresa vai instalar sistemas de coletas de materiais recicláveis em cinco escolas, na fase piloto do Projeto Escola Verde.

 

O objetivo é motivar alunos e professores a separarem descartes como plástico flexível, PET, papel, alumínio e papelão que serão transformados em outros materiais. Com a coleta e destinação correta, escola poderá obter renda extra para transformação dos espaços ou compra de equipamentos, dependendo das metas estabelecidas em cada unidade pedagógica.

 

A iniciativa está alinhada com o compromisso da Cargill no Brasil, país onde a empresa atua desde 1967. Em Goiânia, a empresa conta com uma fábrica de processamento de tomates, principal insumo de produtos como o extrato de tomate Elefante e o molho Pomarola. “Essa ação é reflexo da proposta da Cargill em conectar diferentes pessoas, grupos e até mesmo empresas para que a sustentabilidade não seja apenas uma meta, mas um compromisso que orienta nossas ações no dia a dia”, analisa Ana Aguiar, gerente da fábrica da Cargill em Goiânia.

 

O maior legado da iniciativa é a educação de jovens e suas famílias, facilitando o acesso aos meios de reciclagem e conscientização sobre a destinação correta de materiais. Cada escola contará com uma estrutura para depósito dos recicláveis e uma empresa fará a coleta periodicamente. “Quanto mais os estudantes assimilarem a reciclagem como uma prática comum, melhor para a comunidade e para o planeta, porque estamos cada vez mais conectados uns aos outros”, completa a gerente da Cargill.

 

Educação Ambiental

O conceito de Economia Circular é um dos destaques do Projeto Escola Verde: o que seria considerado descarte vira matéria-primeira novamente e ainda traz renda extra.

 

Além do projeto destinado às escolas, a Cargill conta com uma casa para recebimento de resíduos recicláveis, conhecida como casa so+ma, desde 2022. Localizada na área externa da unidade da Cargill, rua Iza Costa, número 01, Chácaras Retiro, em Goiânia.  A estrutura estimula a prática da reciclagem, permitindo que a população reverta resíduos em pontos por meio do Programa so+ma vantagens e troque por benefícios como cursos profissionalizantes, produtos básicos como mantimentos e itens de higiene ou ainda doações para ONGs locais como a Vila São Cotolengo.

 

Para saber mais sobre o Projeto Escola Verde, acesse o site do Projeto Escola Verde.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp