01/04/2024 às 09h02min - Atualizada em 01/04/2024 às 20h38min

Ambipar inaugura o maior e mais moderno centro de economia circular da América Latina

Resultado de um investimento de mais US$ 25 milhões, o espaço terá alto padrão tecnológico e capacidade de processamento de até 60 mil toneladas de resíduos por ano

Lane Vilas Boas
Centro de Classificação e Pré-tratamento para a Valorização de Resíduos (GIRI), em Santigo, no Chile. Foto: Divulgação
Abril, 2024. O Chile ganhou, oficialmente, o mais moderno Centro de economia circular da América Latina. A planta que tem início das operações previsto para o primeiro semestre deste ano, está localizada na Região Metropolitana de Santigo, no setor industrial de Quilicura.

Resultado de um investimento de US$ 25 milhões da Ambipar Environment, empresa líder em soluções ambientais, o projeto compreende um parque industrial equipado com as mais avançadas tecnologias em classificação e valorização de resíduos, com capacidade para o processamento de 60 mil toneladas por ano, uma referência para o Chile e para a região de Santiago.

“Este projeto reforça a nossa presença no Chile e nos posiciona de forma estratégica para a consolidação de um ecossistema de economia circular na América Latina, impulsionando assim a reciclagem no país. Ao iniciar a operação, o centro de economia circular da Ambipar terá a maior capacidade de reciclagem do Chile e contará com um completo laboratório de P&D para controle de qualidade dos materiais processados”, explica Matías Lagos, Gerente Geral Corporativo da Ambipar Environment.

O executivo observa ainda que até 2034 serão necessários pelo menos mais 8 centros com capacidade semelhante para cumprir os volumes determinados pela Lei de Responsabilidade Ampliada do Produtor (REP), que está vigente a cerca de seis meses e propõe metas progressivas para o processamento de resíduos no país.
 
Área de classificação de resíduos do GIRI, no Chile.  Foto: Divulgação

Área de classificação de resíduos do GIRI, no Chile. Foto: Divulgação

Área de classificação de resíduos do GIRI, no Chile.
Foto: Divulgação       
A nova planta industrial irá gerar cerca de 260 empregos diretos e indiretos e proporcionará uma solução para a classificação e pré-tratamento de resíduos sólidos de diversos setores industriais e embalagens domésticas vinculadas aos Sistemas de Gestão REP, que serão convertidos em materiais adequados para a reciclagem e geração de energia.

Ainda segundo Matías Lagos, “além do processamento recorde no país, o centro industrial de economia circular da Ambipar terá uma taxa de valorização superior a 90% dos resíduos processados, tornando-se a maior e mais eficiente instalação deste tipo no Chile, reduzindo a necessidade de descarte em aterro sanitário.

O novo centro de classificação de resíduos terá ainda processos adicionais: a compostagem, produção de ração animal, biodigestão e geração de energia através da capacidade de produzir combustível derivado de resíduos (CDR) a partir da fracção não reciclável, dando aos resíduos um destino de valorização energética e, ao mesmo tempo, descarbonizando a indústria, substituindo combustíveis fósseis por resíduos que, atualmente, não têm solução por meio da reciclagem”, conclui Lagos.

Sobre a Ambipar: A Ambipar é uma multinacional brasileira líder em gestão ambiental e investe e opera projetos de descarbonização, economia circular, transição energética e regeneração ambiental, presente em 40 países e com mais de 20 colaboradores. Para saber mais, clique aqui.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp