05/06/2024 às 15h29min - Atualizada em 08/06/2024 às 06h43min

Catalisador evita que cerca de 110 kg de gases tóxicos por veículo sejam liberados na atmosfera a cada ano

Produto garante a redução de até 99% da emissão de poluentes dos veículos com motores a combustão

AMANDA CAIRES
Umicore
Divulgação
O Dia Mundial do Meio Ambiente acontece no dia 5 de junho e é uma data importante para refletir sobre o que cada setor da sociedade tem feito para reduzir as emissões de poluentes e combater as mudanças climáticas. Neste contexto, a Umicore, uma das principais fornecedoras de catalisadores automotivos do mundo, acredita que desenvolver ações em prol de uma mobilidade limpa trará importantes resultados para o planeta e os seres vivos.

Para alcançar esse objetivo, a companhia tem uma posição estratégica na produção de materiais essenciais na transição para uma mobilidade verde. Conhecida no país pelos conversores catalíticos, que auxiliam na redução das emissões dos veículos, a empresa também se destaca globalmente no desenvolvimento de outras tecnologias que são fundamentais para diminuir ou até zerar a poluição na área da mobilidade.

Catalisador automotivo

O catalisador automotivo garante o cumprimento das normas estabelecidas pelo Proconve (Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores) no Brasil e continuará sendo fundamental nas próximas décadas, principalmente nos países em desenvolvimento.  De acordo com Miguel Zoca, Gerente de Aplicação de Produto da unidade de catalisadores da Umicore no Brasil, esse componente reduz em cerca de 99% a emissão de poluentes nos veículos equipados com motores a combustão.

“De forma geral, cada catalisador evita que cerca de uma tonelada de gases tóxicos alcance a atmosfera entre 10 e 15 anos, o que equivale uma média de 110 kg por ano, ou 300 gramas por dia, por veículo”, diz. “Sem o catalisador, os veículos poluiriam, em média, de cinco a dez vezes mais”, explica Zoca. “Os catalisadores podem realizar a mesma função em veículos híbridos, pois eles também possuem motores a combustão”, acrescenta o executivo.

Para alcançar esses resultados, o catalisador promove uma reação química no seu interior. A parte interna da peça é composta por um substrato, que pode ser cerâmico ou metálico, revestido por diversos óxidos e por metais nobres, como platina, paládio ou ródio.Quando os materiais produzidos durante a queima do combustível entram em contato com os metais nobres, acontecem reações químicas que os transformam em gases inofensivos que são lançados na atmosfera pelo escapamento”, afirma o especialista.

Catalisadores de Células de Combustível

A Umicore tem mais de 30 anos de experiência global na fabricação de Catalisadores de Células de Combustível. Cláudio Furlan, Gerente Comercial da unidade de catalisadores automotivos da Umicore no Brasil, esclarece que veículos movidos a células de combustível costumam apresentar autonomias mais longas, tempos de reabastecimento mais curtos e maior densidade de energia em comparação com os veículos elétricos movidos a bateria.  “Essa possibilidade é atraente para transportes de longa distância ou que exigem muita energia”, conta.

O componente, quando alimentado por hidrogênio verde, emite apenas vapor d’água e é uma energia totalmente limpa. Para que isso aconteça, as células de combustível geram eletricidade através de reações eletroquímicas. “De forma geral, a peça combina hidrogênio ou metano com oxigênio, convertendo a energia química desses combustíveis em energia elétrica”, relata Furlan.

Materiais para bateria

Globalmente, a Umicore é especializada em produzir materiais para baterias. “Neste quesito, a Umicore desenvolve os materiais do cátodo, item considerado o coração da bateria. O componente está presente nas células (pilhas) de baterias e é produzido a partir de materiais críticos, como lítio, níquel, manganês e cobalto. Ele é responsável por garantir que uma bateria tenha alta densidade energética e seja recarregável”, explica Stephan Blumrich, Vice-presidente da unidade de catalisadores automotivos do grupo no país.

 Além de fornecer essas possibilidades para seus parceiros, a Umicore é capaz de fechar eficientemente o ciclo de vida dos materiais com a reciclagem, uma das atividades de negócios da organização, e destinação correta dos outros componentes. “A sustentabilidade está no centro de quem somos e de tudo o que fazemos. Como parte da nossa estratégia ‘Umicore RISE 2030’, buscamos ter um nível elevado de critérios que garantam que a nossa cadeia de fornecimento tenha práticas comerciais justas, legais e éticas”, pontua Blumrich.  “Ao realizar negócios com a Umicore, espera-se que todos os fornecedores estejam em conformidade com a nossa política para proteção contra potenciais riscos éticos, ambientais e sociais”.

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
AMANDA CAIRES FERREIRA
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp