15/04/2023 às 13h19min - Atualizada em 17/04/2023 às 00h00min

A importância da controladoria nas empresas durante a crise econômica

Serviço é essencial e crucial em tempos difíceis

SALA DA NOTÍCIA Daniela Nucci
Divulgação

A importância da controladoria nas empresas durante a crise econômica

Serviço é essencial e crucial em tempos difíceis

 

No Brasil muitas empresas encontram grandes dilemas sobre como permanecer no mercado diante do cenário de crise.

A controladoria na gestão dos custos, dentre outras frentes, é peça fundamental para enfrentar esse momento, de mudanças na regulamentação dos tributos e outros assuntos por parte do governo.

Neste ambiente, cada vez mais os empreendedores e gestores necessitam de ajuda para analisar o que vale a pena praticar ou não para manter a empresa no mercado.

Não basta sobreviver no mercado: é preciso crescer, expandir e, sim, isso é possível com as devidas estratégias e cuidados. Para a tomada de decisão, uma organização necessita de informações e de uma análise precisa; uma decisão baseada em informações inconsistentes, por exemplo, pode levar a empresa a grandes riscos.

Segundo o consultor financeiro da Planope Consultoria (www.planope.com.br ou @planopeconsultoria), Dáverson Furlan, a Controladoria é uma evolução da antiga contadoria ou mesmo da contabilidade, na medida em que o Controller – controlador, numa tradução livre – exerce papel além da contabilidade: na realidade a Controladoria atua estrategicamente auxiliando em atividades importantes como:

  1. Planos de negócio
  2. Avaliação de projetos
  3. Processos de fusão e aquisição
  4. Gestão de custos e precificação
  5. Gestão da eficiência de custos e despesas
  6. Análise de investimentos
  7. Reportes financeiros em moeda local e ou estrangeira
  8. Gestão e acompanhamento da contabilidade, seja ela própria ou terceira
 

“A Planope prove aos seus clientes uma estrutura de Controladoria capacitada para atendimento das necessidades específicas de cada empreendimento, sem que ele tenha que arcar com esta estrutura que é altamente técnica e por isso pode ser pesada para ele. Esse modelo de terceirização tem dado muito certo e trazido resultados significativos para nossos clientes”, diz Furlan.

A depender do escopo que o cliente deseje implementar, a Controladoria pode ser útil para:

  1. Garantir maior consistência das informações: definindo processos, controles e sistemas de informação consistentes; muito disso se faz através da definição cuidadosa e abalizada de um Plano de Contas e de Centros de Custo.
  2. Visão Estratégica: preparando um Plano de Negócios robusto, com detalhes dos custos, despesas, investimentos, impostos e margens, inclusive ajudando a organização a estabelecer remuneração variável com base nas metas deste Plano.
  3. Apoio à gestão da operação: define, configura e reporta as principais informações para a gestão do dia a dia da organização, os já conhecidos KPI's ou ICP - Indicadores chave de performance, no português.
  4. Apoio à gestão estratégica: Acompanhando e reportando periodicamente as principais variáveis, permitindo a diretoria e gestores fazer ajustes nos planos, tomar decisões, alocar recursos, etc. tornando o alcance dos resultados muito mais um produto da gestão do que mera obra do acaso.
  5. Mitigação de Riscos: formula, em conjunto com a diretoria, políticas, normas e procedimentos para regular as regras de negócio e fazer com que a organização trabalhe uniformemente e os stakeholders (acionistas, funcionários, clientes, fornecedores, outras partes) saibam o que esperar da organização, bem como os limites do que se pode fazer.
  6. Governança: apoiando no estabelecimento e garantindo o atendimento dos pilares de governança – Transparência, Prestação de contas e Responsabilidade.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp