12/06/2024 às 13h23min - Atualizada em 17/06/2024 às 08h00min

Qualidade de anúncios: práticas para um ambiente seguro e eficaz

Lorenzo Nicodemo*

ANA SARTORI
MGID /Divulgação

Na indústria de publicidade, a qualidade do anúncio é um conceito multifacetado que deve ser considerado a partir de diferentes perspectivas. Para os usuários e para as marcas, o padrão dos anúncios pode impactar desde a atenção dedicada ao conteúdo, até a percepção sobre a reputação da marca. Já para os publishers, a eficácia dos anúncios é um fator imperativo, pois afeta diretamente a monetização do conteúdo e a relevância dos sites.

Assim, avaliar a qualidade do tráfego, a experiência geral do usuário e a aderência do anúncio à política editorial do site são os princípios mais importantes para manter a relevância das plataformas. A segurança e a visibilidade também são preocupações importantes em relação à qualidade, de acordo com um relatório da IAB.

Dessa forma, para maximizar a eficácia em suas plataformas, além de garantir que os anúncios sejam vistos, os publishers também precisam evitar que esses conteúdos estejam relacionados a contextos inadequados ou prejudiciais, o que requer uma vigilância constante contra ameaças, como o malvertising, conteúdos inadequados, e o clickbait.

Para mitigar esses riscos, é essencial que os publishers implementem processos internos de moderação nas plataformas de anúncios para detectar e remover rapidamente materiais que não atendam aos padrões de qualidade e segurança. O primeiro passo é estabelecer diretrizes claras sobre o tipo de conteúdo permitido e definir padrões para a relevância do conteúdo dos anúncios, garantindo que eles sejam pertinentes ao público-alvo.

Outras ações envolvem a implementação de filtros automáticos para bloquear palavras-chave ou imagens proibidas, e o uso de algoritmos de IA para detectar padrões de comportamento suspeitos e potencialmente maliciosos. Soluções de segurança, como firewalls e software anti-malware, e serviços de verificação de terceiros, que escaneiam anúncios em busca de códigos maliciosos, também ajudam a proteger a plataforma.

Adicionalmente, manter uma equipe de moderadores que revise manualmente os anúncios antes de serem publicados é essencial para identificar nuances que ferramentas automatizadas podem não detectar. Apesar dos grandes avanços na sofisticação da IA, as ferramentas de avaliação de conteúdo geralmente não têm recursos para captar sinais contextuais sutis e indicadores de sentimento, especialmente em mídias como o vídeo. O olhar humano também  ajuda a garantir que marcas conflitantes ou concorrentes não apareçam juntas.

Assim, é importante que as plataformas tenham equipes de moderadores como uma camada adicional para identificar diferenças culturais, ideologias políticas e outros assuntos que a IA pode deixar passar, especialmente em mercados específicos. Sistemas que permitem aos usuários reportar anúncios problemáticos também podem complementar esse monitoramento interno.

Os publishers também precisam acompanhar regularmente as alterações nas leis e nos regulamentos para manter os anúncios em conformidade com as políticas locais, e devem se atentar à diversidade nas publicidades, especialmente em setores propensos a estereótipos.

Por fim, a realização de auditorias periódicas para revisar os processos de moderação e a coleta de feedbacks da equipe e dos usuários integram o conjunto de passos importantes para garantir a qualidade dos anúncios exibidos. É crucial, conforme necessário, identificar áreas de melhoria e ajustar as políticas e processos.

Ou seja, a batalha contra a má qualidade dos anúncios é vencida com vigilância constante e exige esforços conjuntos de anunciantes, publishers e plataformas. Seguir esses princípios ajuda a proteger a reputação do site e garante uma experiência positiva e confiável para o usuário.

Os princípios de qualidade do anúncio são fundamentais para os publishers, pois determinam a visibilidade, o engajamento do usuário e a rentabilidade dos anúncios em seus sites. Ao adotar uma combinação dessas práticas e ferramentas, é possível criar um ambiente seguro e de alta qualidade para a exibição de anúncios.
*Lorenzo Nicodemo é head of publisher acquisition para América Latina da plataforma global de publicidade MGID.




 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
ANA PAULA SARTORI
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp