19/06/2024 às 18h07min - Atualizada em 04/07/2024 às 08h07min

Vinícius Grossos lança obra inédita para celebrar seus 10 anos de carreira

O livro marca um momento crucial na trajetória do autor, comemorando uma década desde sua estreia no mercado literário, e sua estreia no Grupo Ediouro.

MNIEMEYER ASSESSORIA DE COMUNICAçãO
Ediouro

Que comecem as celebrações! O mês do orgulho LGBTQIAPN+ acabou de chegar já com o novo lançamento do autor bestseller Vinícius Grossos. Cruzeiro do amor, sua nova comédia romântica, publicada pelo selo Livros da Alice,  promete conquistar o público com uma história leve e envolvente sobre amor, auto aceitação e descobertas. O livro marca um momento crucial na trajetória do escritor, que comemora uma década de carreira no mercado literário e sua estreia no Grupo Ediouro.

Em "Cruzeiro do Amor", acompanhamos a história de Alessandro, um famoso influenciador digital que, prestes a embarcar em um cruzeiro LGBT+ especial para o Dia dos Namorados  para uma publicidade, descobre a traição de seu namorado. O problema? Ele precisa de um parceiro para acompanhá-lo nessa jornada conforme o contrato exige. E sua única salvação será um fake dating com um belo desconhecido… 

Com uma grande carga de humor, Vini Grossos cria situações e personagens inesquecíveis - todos em busca do amor verdadeiro, mesmo que nem todos estejam certos disso. O livro também representa um marco na evolução da literatura LGBTQIAPN+ no Brasil, mais leve e diverso  e que  têm cativado o coração do público nos últimos anos.

Livros da Alice é o selo de ficção da Ediouro, lançado com grande sucesso durante a última Bienal do Livro no Rio, em 2023, com uma grande receptividade tanto por parte dos leitores quanto do mercado editorial. Voltado para promover e acolher vozes autorais e títulos direcionados ao crescente segmento de jovens adultos, o selo representa uma aposta firme da editora em um dos setores mais promissores e engajados do mercado literário, tanto no Brasil quanto no mundo.

Sobre o autor:
Vinícius Grossos começou sua carreira em 2014, publicando de forma independente o livro Sereia Negra. De lá pra cá, de forma tradicional, publicou O garoto quase atropelado (2015), 1+1 - A matemática do amor (2016), Feitos de sol (2019), que venceu o Prêmio Ecos da Literatura na categoria de melhor livro nacional, e o mais recente Não foi por acaso (2021), que estreou na lista dos mais vendidos da Veja. Participou de algumas antologias como O verão em que tudo mudou (2017) e Eu chamo de amor (2021).


Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
EMANUELLE GUIGUES PEREIRA
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp