20/04/2023 às 14h32min - Atualizada em 22/04/2023 às 00h01min

Longevidade saudável: a importância do controle das doenças crônicas

Dr. Leandro Franco fala dos cuidados com a saúde para viver mais e melhor.

SALA DA NOTÍCIA Via Assessoria
Via Assessoria
Freepik
Cada vez mais a longevidade se torna uma realidade para a população brasileira, mas envelhecer com saúde demanda cuidados ao longo da vida, com bons hábitos alimentares, prática de exercícios físicos e acompanhamento médico para controle de doenças crônicas. O médico cardiologista Leandro Franco garante que esses e outros hábitos são fundamentais para uma longevidade saudável.

“A primeira atitude a ser tomada para a prevenção ou o bom controle de doenças crônicas é a adoção de hábitos saudáveis como ajuste da rotina de sono para sete a oito horas por noite, ingestão de aproximadamente 2,5 litros de água por dia, alimentação balanceada com bom aporte de proteínas e exercícios físicos regulares, principalmente exercícios de força”, destaca o médico, que reforça que bons hábitos ajudam no controle de outras doenças de origem inflamatória ou autoimune.

As duas doenças crônicas mais comuns citadas pelo especialista Leandro Franco são a hipertensão e a diabetes, ambas bastante relacionadas à obesidade. “Essas duas doenças mais comuns se complicam em outras mais graves e debilitantes, potencialmente fatais, como infarto e derrame, que podem deixar sequelas físicas e mentais”, alerta.

Ignorar essas doenças e não tratá-las são um obstáculo ao envelhecimento e podem afetar o dia-a-dia do paciente. “As possíveis sequelas de um infarto como arritmias e insuficiência cardíaca ou de um derrame, como dificuldades motoras, alterações de memória ou da fala, podem prejudicar muito a autonomia e a qualidade de vida, fazendo o paciente necessitar de ajuda para tarefas simples”, adverte o cardiologista Leandro Franco.

Para identificar essas patologias e cuidar para evitar o agravamento e as possíveis consequências, o cardiologista reforça a importância do acompanhamento médico. “É muito importante realizar check-ups anuais e, quando as doenças surgirem, tratar adequadamente e manter o bom controle através de medicações e mudanças de hábitos, evitando as complicações e piora da qualidade de vida.”

O especialista explica que receber o diagnóstico de uma doença como diabetes ou hipertensão não precisa ser uma sentença e que é possível ter uma vida saudável. “Quanto melhores forem os hábitos, menor será a necessidade de medicações e melhor será o controle das doenças, facilitando o tratamento e diminuindo o risco das temidas complicações”, garante Leandro.

O especialista reforça que, apesar de importantes no controle dessas doenças crônicas, os medicamentos precisam da ajuda do próprio paciente com hábitos positivos para manter o organismo saudável e o metabolismo ajustado. Com as medidas de rotina, a longevidade saudável, com qualidade de vida e autonomia, se torna um objetivo perfeitamente alcançável.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp