24/04/2023 às 16h57min - Atualizada em 25/04/2023 às 00h17min

O que vem causando os ataques nas escolas 

Edison Neres Barbosa (*) 

SALA DA NOTÍCIA Valquiria Cristina da Silva Marchiori

O Brasil tem enfrentado uma série de ataques às escolas, nos últimos anos, o que tem gerado preocupação e debate sobre a segurança nas instituições de ensino. Esses ataques têm causado mortes e ferimentos em estudantes e professores, além de traumas psicológicos em toda a comunidade escolar. 

As motivações por trás desses ataques são variadas e complexas. Algumas vezes, os perpetradores são alunos que sofrem bullying ou têm problemas mentais não tratados. Outras vezes, os ataques são realizados por criminosos comuns que buscam roubar equipamentos eletrônicos ou dinheiro das escolas. 

O impacto desses ataques na educação é significativo. Além do trauma psicológico causado aos estudantes e professores, muitas escolas precisam fechar temporariamente para investigações e reparos. Isso prejudica o calendário escolar e pode afetar o desempenho acadêmico dos estudantes, especialmente aqueles que já estão em situação de vulnerabilidade social. 

Para lidar com essa situação, as escolas e autoridades têm implementado medidas diversas de segurança, como câmeras de vigilância, portões com acesso controlado e treinamento para professores e funcionários. No entanto, essas medidas são insuficientes para prevenir os ataques, pois os responsáveis podem encontrar maneiras de contorná-las.  

Para enfrentar esse problema de forma eficaz, é necessário um investimento significativo em segurança nas escolas, incluindo a contratação de profissionais especializados e a melhoria da infraestrutura. Além disso, é importante abordar as causas subjacentes dos ataques, como o bullying e a saúde mental, por meio de programas de prevenção e tratamento adequado. 

Os ataques às escolas no Brasil representam um desafio significativo para a segurança pública e a educação no país. É necessário um esforço conjunto das escolas, autoridades e sociedade para prevenir e lidar com esses eventos traumáticos. Investir em segurança e abordar as causas subjacentes dos ataques são passos importantes para garantir um ambiente seguro e saudável para os estudantes brasileiros. 

 

* Edison Neres Barbosa é Mestre em Educação e Tutor dos cursos de pós-graduação em Educação do Centro Universitário Internacional Uninter. 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp