25/04/2023 às 11h59min - Atualizada em 27/04/2023 às 00h05min

Mais plural, técnica e com atenção à questão do gás natural: Frente Parlamentar da Química 2023 é lançada em Brasília

A Frente é importante parceira para o desenvolvimento da indústria no País

SALA DA NOTÍCIA Lucas Caldini
Divulgação

Foi realizada na manhã da última quarta-feira (19/04), no Salão Nobre do Congresso Nacional, a solenidade de lançamento da nova legislatura da Frente Parlamentar da Química (FPQuímica), grupo de parlamentares da Câmara e do Senado que atuam em favor do setor no parlamento. O presidente na legislatura que se inicia seguirá sendo o deputado federal Afonso Motta (PDT-RS). 

Na abertura do evento, André Passos, presidente-executivo da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim) que até a legislatura passada presidia a secretaria executiva, apresentou números representativos do setor. Para um desenvolvimento sustentável, Passos apontou a necessidade de barateamento e aumento da oferta de gás natural – um dos insumos mais relevantes e basilares para a indústria química. 

“Além da questão do gás natural, que é de profunda importância, a gente tem aqui um começo do caminho. A essa pauta se agrega o desenho de uma política industrial para o Brasil. Uma política industrial ampla e voltada para a economia circular, que utiliza insumos renováveis. A Química tem uma grande contribuição a dar nesse aspecto”, afirma Passos. 

A presidente do Instituto Nacional do Desenvolvimento da Química (IdQ), Juliana Marra, apresentou um compilado de sete temas que receberão atenção do instituto, que foi criado em 2021 e tem hoje como função exercer a secretaria executiva da Frente Parlamentar, promovendo seminários, workshops e encontros de interesse da indústria química. Os temas escolhidos pelo IdQ versam sobre energia elétrica, financiamento da produção, infraestrutura e logística, reforma tributária, comércio exterior, política industrial e saneamento básico. 

“É um orgulho estar aqui representando esse grupo de entidades que atua junto ao IdQ. Temos muitas pautas, não apenas aqui mas também junto ao Executivo. O trabalho colaborativo será contínuo, pretendemos trabalhar muito e já nos dispusemos a colaborar com os parlamentares”, afirmou Juliana.

O deputado que presidirá a FPQuímica, por sua vez, disse ter a dimensão do desafio de conduzir os trabalhos voltados a Química no Congresso. Ele fez um apanhado histórico do perfil dos ex-presidentes da Frente e apresentou os integrantes da Comissão Executiva (lista ao final desta matéria) e defendeu que a indústria Química busque no parlamento, cada vez mais, a representatividade que possui dentro do setor produtivo brasileiro.

“Temos um desafio muito grande no parlamento. A simultaneidade das ações é grande aqui. As matérias, quando chegam às comissões temáticas, é fundamental contar com essa participação. Há um comprometimento do parlamento em favor da representatividade, isso desde 2012, quando a FPQuímica teve início. Em 2023 teremos essa ampliação, o que tem um significado muito importante”, afirmou.

O governo federal, no evento de lançamento da FPQuímica, esteve representado pelo secretário de Desenvolvimento Industrial, Comércio, Serviços e Inovação do Ministério da Indústria, Comércio e Serviços, Uallace Moreira Lima. Ele levou aos participantes a visão do governo federal, que está comprometido com a reindustrialização do país.

“Procuramos fazer da pauta da reabilitação da indústria, aquilo que o vice-presidente e ministro Geraldo Alckmin tem definido como neo-industrialização, uma política de Estado, e não de governo.” Lima reforçou a importância do setor químico com um dos pilares para esse processo, pela sua transversalidade e capacidade de absorver tecnologias verdes. 

De acordo Milton Rego, diretor do IDQ e presidente executivo da Associação Brasileira da Indústria de Álcalis, Cloro e Derivados (Abiclor), “a Frente Parlamentar da Química tratará de questões que vão além de um setor e impactam a reindustrialização do País, a geração de empregos qualificados e a melhoria da qualidade de vida. O alinhamento entre as entidades que compõem o setor e os parlamentares é essencial para que as propostas do nosso segmento sejam levadas adiante”.

Parlamentares que compõem a Frente Parlamentar da Química:

Afonso Motta (PDT-RS) - Presidente

Kiko Celeguim (PT-SP) - Vice-presidente na Câmara

Vitor Lippi (PSDB-SP) - Coordenador-regional Sudeste

Ivoneide Caetano (PT-BA) - Coordenadora-regional Nordeste

Evair de Melo (PP-ES) - Coordenador Estadual do Espírito Santo

Reimont (PT-RJ) - Coordenador Estadual do Rio de Janeiro

Márcio Biolchi (MDB-RS) - Coordenador Estadual do Rio Grande do Sul

Carlos Zarattini (PT-SP) - Coordenador de Relações Institucionais

Carlos Gomes (REP-RS) - Coordenador de Sustentabilidade

Alceu Moreira (MDB-RS) - Coordenador de Logística Reversa

Zé Neto (PT-BA) - Coordenador de Política Industrial

Vinicius Carvalho (REP-SP) - Coordenador de Reciclagem

Lucas Redecker (PSDB-RS) - Coordenador de Gestão de Substâncias Químicas

Julio Lopes (PP-RJ) - Coordenador de Inovação

Fernando Marangoni (UNIÃO-SP) - Coordenador de Saneamento Básico

Arnaldo Jardim (CID-SP) - Coordenador de Fertilizantes

Daniel Almeida (PC do B-BA) - Coordenador de Ciência e Tecnologia

Eduardo Gomes (SDD-TO) - Coordenador de Saúde

 

Sobre a Abiclor

A Abiclor (Associação Brasileira da Indústria de Álcalis, Cloro e Derivados) representa os interesses das principais produtoras de cloro-soda instaladas no País. São nove plantas produtivas, que respondem por 50,5% de todo o mercado latino-americano. A indústria é uma importante fonte geradora de empregos e de pagamento de impostos para o País.

 

SP4 Comunicação Corporativa – Agência de Comunicação da Abiclor:

Carlos Moura – (11) 98243-9332 – [email protected]

Heloisa Pereira – (11) 98582-6105 - [email protected]


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp