26/04/2023 às 11h23min - Atualizada em 27/04/2023 às 00h07min

São Judas Mooca sedia Comissão de Ensino Jurídico da OAB/SP

Com o intuito de aproximar ainda mais a OAB aos estudantes o encontro abordou a Curricularização da Extensão e Letramento Digital no ensino de Direito

SALA DA NOTÍCIA São Judas
usjt.com.br
A São Judas Mooca, integrante do maior e mais moderno Ecossistema de ensino do Brasil, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo, abriu as portas na última quarta-feira, (19), para estudantes e professores de diversas instituições para um circuito de palestras. O objetivo foi promover a aproximação e interação entre a Comissão de Ensino Jurídico, Subseções da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo e as Instituições de Ensino que oferecem cursos de direito na capital paulista.

As palestras trataram de cenários e propostas da Curricularização da Extensão e Letramento Digital voltada para profissionais da área jurídica. Pablo Moitinho, Coordenador regional dos cursos de Direito do Ecossistema Ânima, fez a abertura do evento. “É muito importante receber aqui representantes de diversas instituições de ensino pois todos temos os mesmos objetivos, que é o ensino de qualidade, um corpo docente de qualidade e que nós possamos traduzir esses egressos em profissionais de advocacia de uma forma adequada”, explicou o professor.

A coordenadora do curso de Direito da São Judas Mooca, Elisabete Mariucci Lopes, recepcionou os participantes. “É uma alegria e uma honra estar com vocês nesse dia. Sejam todos bem-vindos!”, exaltou.

Como mediador da comissão, Claudinor Roberto Barbiero, Presidente da Comissão Especial de Ensino Jurídico da OAB/SP, foi o mediador das palestras e explicou que a comissão nasceu da ideia de aproximar a OAB dos estudantes e das instituições de ensino. “Sem os cursos de direito, os alunos, os egressos, os formados e os bacharéis não faria sentido para a OAB, pois todos os integrantes da ordem são oriundos dos cursos de direito”, provoca Barbiero.

Murilo Ángeli dos Santos, membro da Comissão de Ensino Jurídico da OAB/SP e Avaliador do INEP/ MEC, comandou a palestra ‘Curricularização da Extensão nos Cursos de Direito: cenários e propostas’. Contextualizou e conceituou sobre profissões jurídicas no século XXI e sobre a necessidade de atualização do currículo, “as profissões jurídicas todas estão em constante evolução e os cursos precisam acompanhar essas mudanças”, disse Santos. Ele explicou que o sentido da academia tem que ser vanguarda nas transformações da profissão no mercado de trabalho.

Solano de Camargo, Presidente da Comissão de Privacidade, Proteção de Dados e Inteligência Artificial da OAB/SP, esteve à frente da segunda palestra para falar sobre Letramento Digital nos cursos jurídicos. “Precisamos incluir as novas tecnologias no ensino jurídicos, em nós, nos alunos e nas pessoas depois de formada”, concluiu o professor.

Claudionor abriu para perguntas e comentários ao fim das palestras e o diálogo foi muito edificante. Os participantes falaram sobre a extensão e letramento digital para a inserção no mercado de trabalho facilitando a equiparação dos estudantes de Direito no Brasil e aproximando o estudante da função social da Advocacia e sobretudo, preocupados com a saúde mental dos egressos.

Os cursos de Direito das unidades Mooca e Butantã possuem o Selo de Qualidade OAB Recomenda. O resultado atesta o trabalho contínuo da Universidade em promover educação alinhada ao propósito de extensão universitária.
 
Sobre a São Judas
A São Judas integra o maior e mais inovador ecossistema de qualidade do Brasil: o Ecossistema Ânima de Educação. Com 51 anos de tradição, é uma das três melhores universidades privadas do estado de São Paulo, segundo o Ministério de Educação (MEC), com nota 4 de 5 no Índice Geral de Cursos (IGC). Com aproximadamente 37 mil alunos, 11 unidades localizadas na Capital e Grande São Paulo e mais de 130 cursos, a Medicina da São Judas faz parte da Inspirali, um dos principais players de educação continuada na área médica do país. A instituição combina qualidade e acessibilidade, tradição e inovação, com o uso de novas metodologias educacionais, laboratórios multidisciplinares de aprendizagem integrada e programas de desenvolvimento de competências socioemocionais. A São Judas também contribui para democratização do Ensino Superior ao oferecer cursos digitais com diversos polos dentro e fora de São Paulo. Além disso, o aluno aprende na prática desde o primeiro dia de aula.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp