26/04/2023 às 21h45min - Atualizada em 28/04/2023 às 00h01min

Diversidade de gênero na indústria de tecnologia: como podemos melhorar?

Representatividade feminina e falta de conhecimento do próprio potencial ainda determinam entrada de mulheres no mercado

SALA DA NOTÍCIA Imprensa
Divulgação

Por Mara Gisele Gonçalves Scarpini 

Nos últimos anos, houve um aumento significativo no número de mulheres que estão ingressando no mercado de tecnologia. No entanto, apesar deste progresso, ainda há muito o que ser feito para garantir que figuras femininas sejam representadas de maneira justa e igualitária nesse segmento. 

Em uma área ainda muito dominada por homens, um dos principais desafios enfrentados pelas mulheres no ramo da tecnologia está associado a falta de representatividade no ambiente corporativo. Segundo dados divulgados pelo LinkedIn, por exemplo, as mulheres se candidatam a vagas de emprego apenas se considerarem que atendem a 100% dos critérios exigidos, já os homens, geralmente candidatam-se com cerca de 60% das exigências estabelecidas. 

Destrinchar esses dados significa entender que eles não estão relacionados à falta de oportunidades dentro das organizações, mas sim à falta de confiança que muitas mulheres deixam de ter em si mesmas ou em seu potencial de trabalho, que acontece principalmente, devido à carência de referências femininas na indústria de tecnologia.    
 

O papel da sociedade no ingresso de mulheres ao segmento de tecnologia 

A cultura que nossa sociedade está inserida diz muito sobre o impacto na maneira como as mulheres podem ser desencorajadas a seguir na área tech. O desestímulo à escolha de cursos mais técnicos, ao desenvolvimento da carreira ou às raras figuras femininas em posições de destaque, faz com que, muitas vezes, as mulheres não se sintam inspiradas a seguirem no mercado.  

Para além de uma mudança cultural, outro ponto determinante para transformar este cenário está na visibilidade que mulheres que atuam em posições estratégicas, operacionais ou em cargos de liderança, promovam cada vez mais iniciativas em prol do incentivo à carreira de tecnologia. Compartilhar histórias, abrir caminhos e torna-se referência despertam a confiança de novas profissionais em seu potencial para atuar em novos desafios. 

Em resumo, a presença de mulheres na área tech é crucial para o desenvolvimento de soluções inclusivas e diversificadas. É importante que sejam tomadas medidas para incentivar a participação feminina em todos os níveis do mercado, desde a educação até a liderança. Também é essencial que a sociedade se conscientize quanto aos padrões que se repetem para que ninguém seja julgado pelo seu gênero, mas pelo quanto é capaz de contribuir.  

*Mara Gisele Gonçalves Scarpini é Head de Operações e Sucesso do Cliente na MK Solutions. Com MBA em Economia e Gestão Empresarial pela FGV, a executiva possui mais de 15 anos de experiência no mercado de atendimento ao cliente, com um perfil voltado ao desenvolvimento de pessoas e garantia de qualidade no atendimento. 

 

Sobre a MK Solutions   

Desenvolvedora de software de gestão e soluções digitais feitas para provedores de internet, a MK Solutions nasceu como uma ISP. No entanto, em 2008, a empresa identificou a necessidade de desenvolver uma ferramenta de gestão completa para esse mercado e, assim surgiu a MK Solutions. Atendendo provedores de todos os tamanhos, com mais de milhões de clientes autenticados, as soluções desenvolvidas pela companhia conectam pessoas e apoia o crescimento dos provedores de internet, ajudando a evoluir e expandir processos, e proporcionando cada vez mais qualidade e inovação ao segmento. Saiba mais acessando: https://www.mksolutions.com.br/   


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp