28/04/2023 às 08h36min - Atualizada em 29/04/2023 às 00h07min

CondoLivre é a fintech voltada para condomínios que traz inovação tecnológica para o setor imobiliário no Rio de Janeiro

Oferecendo crédito para mais de 40 mil colaboradores conveniados, CondoLivre está expandindo a atuação para aprimorar também o fluxo de caixa dos Condomínios parceiros

SALA DA NOTÍCIA Patricia de Souza Lopes
www.condolivre.com.br
Divulgação Condolivre

A startup CondoLivre se posiciona no mercado imobiliário desde 2021 atendendo a mais de 50 administradoras e 15 mil condomínios, que empregam mais de 40 mil colaboradores. A startup tem quatro produtos para as Administradoras de Condomínio: para seus colaboradores, crédito consignado e antecipação de ‘Saque Aniversário’ de FGTS; crédito para condomínios e adiantamento de notas fiscais para fornecedores e prestadores de serviços. 

Desde que foi criada, em 2021, a CondoLivre já disponibilizou R$62 milhões para seus clientes e, apenas em crédito consignado, a startup já colocou na mão dos funcionários mais de R$ 20 milhões, sendo a única a oferecer atendimento diretamente pelo WhatsApp, desburocratizando e facilitando a comunicação para quem precisa de crédito rápido.  

Gerida por Rodrigo Gebara, Luiz Guilherme Moraes e Henrique Rusca, a empresa segue acumulando conquistas e é uma das startups aceleradas pela Endeavor. Cada um em sua especialidade, eles explicam como surgiu a ideia de criar uma startup e quais os caminhos que estão sendo considerados para ampliarem sua carteira de clientes.  

Solucionando uma dor do mercado 

“A CondoLivre foi testada dentro da administradora Hubert para atender uma dor do mercado: crédito rápido e com taxas justas para um público que não estava sendo visto pelo setor financeiro tradicional, os colaboradores e os condomínios”, afirma Rodrigo Gebara, um dos fundadores da CondoLivre e gestor, com mais de 23 anos de mercado, na administradora de condomínios Hubert.  

O uso do aplicativo WhatsApp é um dos diferenciais da proposta CondoLivre que utiliza o aplicativo conhecido pela maior parte dos brasileiros para simplificar e alcançar um maior número de colaboradores. Utilizando tecnologia de aprendizado de máquina, o ChatBot (robô) da CondoLivre consegue iniciar o atendimento e liberar o crédito em menos de 15 minutos através do PIX diretamente na conta do colaborador, conforme explica Henrique Rusca, o outro sócio-fundador da CondoLivre “Entre o pedido do empréstimo e a liberação já chegamos a fazer em 15 minutos. Temos casos de liberação do crédito para pagar compra no mercado, realizar funeral e até se livrar de problemas legais; assuntos extremamente sensíveis e que demandam agilidade”, comemora Henrique, Co-CEO da empresa.  

O uso de tecnologia própria melhorou o tempo e a consistência nas transações de crédito consignado para pessoas físicas e possibilitou que a CondoLivre avançasse na oferta de outros produtos inovadores para o setor. Henrique Rusca explica um pouco sobre a evolução: “um outro gargalo de atuação do consignado nas folhas de pagamento das administradoras é a leitura e desconto em folha, em geral realizado manualmente pelos responsáveis contábeis. Percebemos essa necessidade e para agilizar o pagamento e a atuação do departamento pessoal investimos na criação de uma Inteligência Artificial capaz de realizar a leitura automatizada do holerite, inserindo o desconto respeitando a possibilidade de comprometimento do salário, que assumimos como 30% da renda”. Essa solução de leitura do holerite e documentos dos colaboradores, desenvolvida totamente internamente, rendeu uma premiação pela Amazon Web Service. 

 “Temos muito orgulho do que conquistamos até agora, principalmente do ponto de vista de satisfação tanto dos usuários finais como das Administradoras parceiras, crescimento e rentabilidade. Se temos as principais Administradoras do Rio e São Paulo como parceiras, é o parceiras, é por que estamos fazendo a coisa certa, gerando valor para o setor. O negócio está em um caminho excelente somos donos de nossos próprios produtos, desde a tecnologia, até o funding. Essa exposição ao funding nos incentiva a sermos bastante diligentes na concessão de crédito.” Oferecemos assim a melhor alternativa de crédito com taxas responsáveis sem abrir mão da rentabilidade do negócio”, complementa Luiz Guilherme Moraes.  

 

Próximos passos 

A CondoLivre é uma startup que nasce em torno a ideia de que as empresas deverão pensar em produtos financeiros para atrair e melhorar a experiência de seus clientes. Todo negócio se tornará uma fintech. A CondoLivre nasceu com propósito de inovar e criar valor para o ecossistema de condomínios com tecnologia e mínimo impacto nos processos das Administradoras de Condomínio. 

“Este é um mercado enorme, resiliente, complexo e com perspectivas de crescimento. Podemos e queremos ser parte das mudanças que podem melhorar a vida de todos!’, termina Luiz Guilherme.   

Estão no radar das ações a construção de um marketplace para fornecedores, criação de uma plataforma para recolocação de profissionais de condomínios e conteúdo de educação financeira.   

 

Para mais informações: 

Patricia Lopes 

[email protected] 

(11)98557-9900 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornaldobelem.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp